Paraíba

Suspeito de liderar quadrilha que montava barricadas em rodovias da PB é preso, diz polícia

Um suspeito de liderar uma quadrilha que realizava barricadas em rodovias e estradas da Paraíba foi preso na manhã deste sábado (9), após um cerco ser montado na zona rural do município de Santa Rita, localizado na Região Metropolitana de João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar, o homem, de 25 anos, tinha dois mandados de prisão em aberto, por tráfico de drogas e homicídio.

Segundo a PM, ele estava em uma casa no distrito de Livramento. No local, foram apreendidos um revólver, mais de 15 munições e alguns papelotes de maconha.

O comandante do 7º Batalhão, tenente-coronel Pablo Cunha, informou que as barricadas eram montadas para que o grupo pudesse assaltar ônibus e caminhões e que vários casos estavam ocorrendo na BR-101, em direção ao estado do Rio Grande do Norte. Por isso, com base em informações repassadas para a Coordenadoria de Inteligência, a polícia conseguiu identificar e localizar o suspeito.

Além disso, o tenente-coronel explicou que em agosto de 2017 a quadrilha, que atuava nas rodovias que passam pelas cidades de Alagoa Grande e Areia, havia sido desarticulada pela PM. O comandante relatou que seis homens e duas mulheres do grupo foram presos à época, mas o suposto líder não.

Ainda conforme o comandante, a suspeita da polícia é que, após essas prisões, ele tenha juntado um novo grupo e voltado a agir desse modo. O homem foi encaminhado para a sede da 6ª Delegacia Distrital, na cidade de Santa Rita.

Fonte: G1 PB

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios