Esportes

Seleção dos EUA massacra Tailândia e aplica maior goleada da história em Mundiais

Time de Carli Lloyd, Morgan e cia vencem tailandesas por 13 a 0

Nesta terça-feira, os Estados Unidos, principais campeões da Copa do Mundo de Futebol Feminino com três títulos, não tomaram conhecimento da Tailândia e aplicaram incríveis 13 a 0. O placar tornou-se a maior goleada da história do mundial.

A diferença técnica ficou clara desde os primeiros minutos da partida. O placar poderia ser ainda maior se o gol de Morgan, aos cinco minutos do primeiro tempo, não fosse anulado.

Aos 11 minutos, a mesma Morgan foi às redes e dessa vez o gol valeu, para abrir a goleada. Lavelle, aos 19 minutos também foi para as redes. Para fechar o placar do primeiro tempo, Horan aproveitou a sobra e também deixou o seu.

Foi na volta do intervalo que a goleada passou a ser histórica, com as norte-americanas marcando impressionantes dez gols. Mewis marcou aos quatro e, aos sete Morgan marcou o segundo dela. Dois minutos depois, Mewis voltou às redes e aos 11 Lavelle também marcou mais um. Não perca as contas, até aqui o jogo já estava 7 a 0.

Aos 28 minutos da segunda etapa, Morgan marcou o seu terceiro e já tornava a goleada na maior da história da seleção dos Estados Unidos. Aos 33, Rapinoe deixou o seu e, no minuto seguinte, ela deu o passe para Morgan marcar mais um.

Já aos 39, Mal Pugh, estreante pela seleção norte-americana, marcou o gol de número 11 da vitória. Aos 41, os Estados Unidos quebraram a maior goleada da história até então. Morgan foi às redes pela quinta vez na partida. A tempestade de gols só parou aos 47, quando a veterana Lloyd marcou o dela e fechou a goleada em 13 a 0.

Na próxima rodada, os Estados Unidos encaram o Chile, às 13h deste domingo. Já a Tailândia tem mais um jogo difícil, desta vez contra a Suécia, no mesmo dia, às 10h.

Fonte: Correio Braziliense
Super Esportes
Gazeta Press

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios