Economia

Presidente dos Correios defende que a estatal continue pública

O presidente dos Correios, general Juarez Cunha, defendeu durante o feriado da Páscoa que a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT) seja mantida como empresa pública.

“Temos argumentos para demonstrar porque é importante para o país manter a empresa pública, inclusive apresentando casos malsucedidos de privatização de correios pelo mundo”, escreveu Cunha em uma rede social.

O posicionamento dele veio após o blog de Cristiana Lôbo informar que o presidente da República, Jair Bolsonaro, já havia autorizado a privatização da ECT.

Cunha afirma, no entanto, que, como presidente da estatal, não teve nenhuma sinalização do governo nesse sentido.

“A avaliação no governo é que o modelo de negócio da empresa está ultrapassado, mas há alto valor estratégico – precisa ser renovada para os novos tempos, especialmente com o crescimento o e-commerce”, informa o texto do blog de Cristiana Lôbo.

Para a equipe presidencial, o setor está em processo de transformação e, para sobreviver, a estatal precisa ser mais competitiva e ter menos amarras. Para isso, a solução seria apenas com a privatização dos Correios.

Inicialmente, o ministro Marcos Pontes, das Comunicações, Ciência, Tecnologia e Inovação, a quem a empresa está subordinada, resistia à ideia, mas, agora, segundo fontes do governo, já está sensível ao projeto de privatizar a ECT, segundo o blog.

Segundo Juarez Cunha, Pontes defende que a decisão deve ser baseada em fatos, números e um plano de negócios bem estruturado, que leve em conta as necessidades estratégicas do país, retorno para o governo e garantia dos direitos dos servidores.

Para o presidente dos Correios, não se trata apenas de vontade política da área econômica do governo, mas “existem questões jurídicas, técnicas e econômicas que precisam ser levantadas e discutidas”.

“Se esse debate vier de fato a ocorrer, vamos apresentar todas as informações necessárias e demonstrar que a empresa, bem gerida, é viável e que as medidas adotadas para saneamento e modernização dos Correios já estão dando resultado”, defendeu Cunha na rede social.

Fonte: G1
Marta Cavallini, G1

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios