Rio Grande do Norte

Perseguição policial acaba com quatro suspeitos de assaltos presos na BR-304, no RN

Ação aconteceu na noite de sábado (8) na cidade da região Oeste potiguar, segundo a Polícia Rodoviária Federal.

Quatro homens suspeitos de fazerem vários assaltos na noite de sábado (8) em Mossoró, na região Oeste potiguar, foram presos pela Polícia Rodoviária Federal em Mossoró na BR-304. De acordo com a corporação, a abordagem aconteceu na BR-304, na saída do bairro Abolição I.

Ainda segundo o relato policial, a equipe se deparou com o HB20 e determinou que o carro parasse. Porém, os suspeitos não atenderam a ordem e fugiram da fiscalização.

Houve perseguição aos suspeitos que, de acordo com os agentes, arremessaram vários aparelhos celulares pela janela do veículo.

Após alguns minutos de perseguição, eles pararam. Em busca no interior do veículo, foram encontrados relógios de luxo, carteiras, 21 aparelhos celulares, R$ 607,00 e uma pequena quantidade de maconha.

O quarteto foi levado para a Delegacia de Plantão de Mossoró. Várias pessoas que haviam sido assaltadas foram ao local para realizar o reconhecimento.

Fonte: G1 RN

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios