Geral

Jovem é detido por divulgar gravações de sexo com meninas

Um jovem de 17 anos foi apreendido na manhã desta sexta-feira (12) no município de Catolé do Rocha, no Sertão paraibano, suspeito de divulgar conteúdos de sexo que praticava com a namorada e também com outras adolescentes do município. Conforme a Polícia Civil, várias denúncias foram realizadas pela população à delegacia.

Segundo o delegado à frente do caso, Sylvio Rabelo, as fotos, vídeos e conversas eram divulgados nas redes sociais. “Quando investigamos o rapaz, descobrimos que além de namorar com uma menina de 16 anos, ele mantinha relações sexuais com outras meninas e também divulgava os vídeos nas redes, recebemos vários relatos”, disse.

De acordo com o delegado, a namorada do jovem, ao depor, relatou que se sentia refém do namorado, e que ele sempre a forçava a gravar o material. A polícia ainda apreendeu objetos eletrônicos dele, em que havia diversos conteúdos pornográficos, principalmente infantis.

Segundo a polícia, ele foi liberado e irá responder pelo Ato Infracional, a punição ainda será decidida pela Justiça.

Fonte: Portal Correio
Mayara Oliveira

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios