Geral

Homem de 43 anos é preso por não pagar pensão alimentícia na cidade de Sousa

Um homem de 43 anos foi preso na tarde de terça-feira (12), por Policiais militares do 14º Batalhão de Polícia Militar, no Fórum da Comarca de Sousa, Sertão do estado, por haver um débito de pensão alimentícia de seu filho.

A ordem veio do Juiz, determinando o encaminhamento do homem para a Colônia Penal Agrícola de Sousa.

Uma equipe do Pelotão de Rádio Patrulhamento, após a execução da ordem judicial, apresentou o mesmo no ergástulo estadual, onde ficará à disposição da justiça.

PENSÃO ALIMENTÍCIA

É garantido por lei, o direito de um filho receber aporte financeiro de seu genitor. O pai ou a mãe podem até negar o afeto e a companhia, mas não podem deixar de cumprir com suas obrigações no sustento dos filhos que ainda não tem condições de prover o próprio sustento.

PRISÃO

A prisão civil por falta de pensão alimentícia é um pedido feito ao juiz pelo responsável da criança a quem deveria ser paga a pensão e pode ser solicitada após um mês de inadimplência. O período de prisão varia de um a três meses.

Fonte: Diário do Sertão
Campelo – Diário do Sertão em Sousa

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios