CEARÁ

Criminosos explodem banco e atiram contra prédio policial pela segunda madrugada seguida no Ceará

Bandidos destruíram a agência bancária durante a ação criminosa na cidade de Graça. Ninguém foi preso.

Criminosos explodiram uma agência bancária e atacaram um prédio do destacamento policial na cidade de Graça, na Região Norte do Ceará, na madrugada desta quarta-feira (8). Foi o segundo dia seguido de ataques contra bancos e prédios da polícia no estado. Na madrugada de terça-feira (7), uma quadrilha armada explodiu uma agência e atirou contra a polícia no município de Irauçuba, que também fica localizado na Região Norte do Ceará.

O ataque desta madrugada foi o segundo registrado contra agências bancárias na cidade de Graça em pouco mais de um mês. No primeiro, registrado no dia 2 de abril, a agência do Branco do Brasil ficou destruída e o prédio da polícia foi metralhado por bandidos.

Na ação criminosa desta quarta-feira, os assaltantes se dividiram em dois grupos e foram para a agência do Bradesco. Conforme a polícia, parte do grupo invadiu o estabelecimento bancário e detonou os explosivos. Os outros deram cobertura com tiros contra o prédio da polícia. A ação aconteceu por volta das 2h30.

Bandidos destruíram a agência durante ataque no Ceará — Foto: Mateus Ferreira/SVM

Destruição na cidade

Moradores relataram barulho de diversos tiros e explosões durante a ação. Com a explosão, o interior da agência ficou destruído e a porta de vidro, estilhaçada. Na fachada do prédio da polícia ficaram as marcas dos disparos. Nenhum policial ficou ferido.

A Polícia Militar não soube informar quantos homens participaram da ação. A segurança da cidade foi reforçada após o ocorrido e equipes da Polícia Militar saíram em busca dos suspeitos. Conforme os agentes de segurança, a quadrilha levou uma ambulância e abandonou na rodovia CE-321.

Até as 7h20 desta quarta, nenhum assaltante suspeito de participação no crime havia sido localizado. A polícia não divulgou se os assaltantes tiveram acesso ao dinheiro da agência.

Na madrugada desta quarta-feira (8), o ataque ocorreu em Graça, que teve outra agência destruída há pouco mais de um mês. — Foto: Mateus Ferreira/TV Verdes Mares

Primeiro ataque

No ataque em abril o grupo criminoso também metralhou um carro da polícia quando atacou o prédio da guarnição da cidade e incendiou outro veículo na fuga. Após deixarem a cidade, a polícia solicitou o apoio de forças de segurança dos municípios vizinhos, entre eles Sobral, São Benedito e Pacujá.

Porém, grampos jogados na rodovia CE-321, que dá acesso ao município, furaram os pneus dos carros, impedindo o reforço na busca aos criminosos.

Cidade sem bancos

Com a segunda investida registrada em Graça, já são nove ataques contra bancos ocorridos no Ceará em 2019. Os demais casos aconteceram nos municípios de Irauçuba, Cariré, Croatá, Tururu, Tamboril, Tianguá e Tejuçuoca.

Devido o ataque desta madrugada, os cerca de 15.400 moradores de Graça não terão mais agências bancárias a disposição, pelo menos provisoriamente. A cidade conta agora apenas com uma casa lotérica com serviços bancários.

A dona de casa Cremilda Braga foi uma das prejudicadas nesta manhã. “Fiz uma viagem perdida até aqui. Não só eu, como várias pessoas do município de Graça. Vem todo mundo e quando chega aqui acontece essa tragédia. A gente tem que ir para outra cidade”, lamenta.

O Ceará tem 49 cidades com serviços bancários parcial ou totalmente suspensos devido a ataques de criminosos, de acordo com o Sindicato dos Bancários do Ceará.

Fonte: G1 CE

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios