Esportes

Belo vence a Raposa fora de casa e pode ser campeão com empate

A noite desta quarta-feira (16) foi marcada pelos primeiros 90 minutos de disputa da final do Campeonato Paraibano 2019 entre Campinense e Botafogo. O ‘Clássico Emoção’ de ida ocorreu no estádio Amigão, em Campina Grande, e terminou com vitória do Belo, por 2 a 1. Com a vantagem conquistada, o time pessoense jogará por um empate no jogo de volta para chegar ao tricampeonato consecutivo.

Primeiro tempo

Após alguns ataques desperdiçados por ambas as equipes, o time da Capital conseguiu abrir o placar logo aos sete minutos, com gol de Marcos Aurélio. O camisa 10 do Belo cobrou falta com tranquilidade, a bola quicou próximo ao gol, enganou o goleiro Wagner Coradin e acabou parando no fundo das redes.

Dois minutos depois, o Botafogo-PB teve uma grande chance de ampliar a diferença. Marcos Aurélio recebeu na área, descolou o goleiro da Raposa e acabou derrubado. O árbitro marcou pênalti para o alvinegro da estrela vermelha. Na cobrança, Nando chutou muito mal, por cima, mandando a bola para fora. Mesmo tendo desperdiçado a cobrança, o Belo não desanimou e seguiu sendo o time mais perigoso na partida. A Raposa, por sua vez, tinha dificuldade em sair do campo de defesa.

Ainda no primeiro tempo, o Campinense quase chegou ao empate em dois momentos. O primeiro aconteceu aos 33 minutos, em chegada de Chaveirinho pelo lado direito. O camisa 7 cruzou na medida para João Paulo, sozinho, que cabeceou para fora. Já aos 46 minutos, nos acréscimos, Lopeu recebeu na grande área e conseguiu dar um passe deitado para João Paulo. O camisa 10 acabou chutando para fora, perdendo uma ótima oportunidade para a Raposa.

Segundo tempo

O jogo ficou truncado nos primeiros minutos do segundo tempo. O Botafogo-PB tinha mais posse de bola, enquanto o Campinense tentava atacar para buscar o empate. Aos 10 minutos, mais uma chance desperdiçada pelo Belo: Marcos Vinícius chegou pela esquerda e cruzou rasteiro, na medida para Nando. O atacante se antecipou à defesa da Raposa, mas chutou ao lado do gol de Wagner Coradin.

Depois de falhar em grandes chances de modificar o placar, o Botafogo-PB chegou ao segundo gol aos 40 minutos, marcado por Dico. Em uma jogada rápida, Marcos Aurélio deu passe magistral para o camisa 11, que, com tranquilidade, deslocou Wagner Coradin e mandou a bola para as redes.

Quando o Belo já sentia o título estadual cada vez mais próximo, o Campinense diminuiu a diferença, aos 42 minutos. Em falta na entrada da área, o lateral Neilson cobrou com força, o goleiro Saulo aceitou e a bola entrou na meta botafoguense, dando números finais ao duelo.

Fonte: Portal Correio

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios