Destaque

Após luta contra depressão, famosa Miss é encontrada morta na Bahia e suspeita de suicídio é levantada

Segundo informações do missólogo, Ricardo Mello, Gabriela Viegas lutava contra a depressão e teria cometido suicídio.

A Miss Ilhéus 2018, Gabriela Viegas, foi encontrada morta no último sábado, 04 de maio, na Bahia. A notícia foi confirmada pela atlética da Universidade Federal da Bahia, onde Gabriela cursava Medicina.

“Hoje é um dia triste. Neste momento de extremo pesar, faltam palavras e até mesmo fôlego. Com muita dor, a AAAACVL comunica o falecimento da colega Gabriela Alexandre Mendes Viegas, da 253ª turma da FMB-UFBA. Desejos todo o conforto e força para os amigos e familiares. A perda de uma pessoa tão afável e repleta de bondade é angustiante. As diversas manifestações de carinho e o impacto causado pela notícia apenas reforçam a perda imensurável de um ser humano incrível”, escreveu a atlética.

Segundo informações do missólogo, Ricardo Mello, Gabriela Viegas lutava contra a depressão e teria cometido suicídio.

“Gabriela acaba de perder a batalha contra a depressão. Meus sinceros sentimentos aos amigos, familiares e à todos os amantes do mundo miss que sofrem ao descobrir da pior maneira que suas deusas não estão imunes a esta triste doença”, disse ele.

Quem também se manifestou sobre a morte da Miss foi o coach de misses e um dos melhores amigos da estudante, Maykon Soares. “Hoje eu perdi a amiga mais querida que eu tinha, que mais se preocupava comigo. Ela me amava do jeito que sou, não me julgava, só me amava. Qualquer dorzinha que eu tinha, ligava para ela. Ela sempre amorosa, me ajudava. Ela foi a miss mais miss que eu tive. Mais grata, mais humana, mais solidária. O que farei da minha vida sem os conselhos dela, sem o amor dela?”, desabafou.

Fonte: TV Foco

Artigos relacionados

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
Fechar

Adblock Detectado

Considere nos apoiar desabilitando o bloqueador de anúncios