Conecte-se conosco

Ceará

Fiocruz alerta para possível segunda onda de Covid-19 no Ceará

Rio de Janeiro e Maranhão também correm risco de um novo aumento no número de casos da doença, conforme pesquisa.

Publicado

em

Rodoviária de Fortaleza adota medidas de protocolo sanitário de combate ao novo coronavírus. — Foto: Fabiane de Paula/Sistema Verdes Mares
header ads

A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) alerta para uma possível segunda onda de Covid-19 no Ceará. Conforme a fundação, Rio de Janeiro e Maranhão também podem sofrer um novo aumento do número de casos.

O prognóstico consta de um boletim divulgado nesta quinta-feira (30) pelo Infogripe, o sistema que monitora a ocorrência da síndrome respiratória aguda grave (SRAG) no país.

Nesses três estados, um pico de casos foi registrado na primeira quinzena de maio. Em junho, houve quedas seguidas, mas, no fim de julho, segundo as estimativas, a curva tornou a subir — ainda que em um patamar bem abaixo do de dois meses atrás.

Em Fortaleza, que tem a maior parte dos casos da doença desde o início da pandemia, a média de óbitos durante a última semana epidemiológica caiu para 1,8, igualando-se ao índice da semana com as primeiras mortes pela doença na capital cearense.

No estado, apenas a região Cariri tem aumento do número de novos casos de Covid-19.

Fiocruz alerta para risco de segunda onda de Covid-19 no Ceará — Foto: Reprodução/G1

Brasil em um ‘platô’

Já a projeção para todo o Brasil, segundo o pesquisador e coordenador do Infogripe, Marcelo Gomes, “indica que não estamos numa situação tranquila”.

“Estamos com uma estimativa de que o número de novos casos semanais pode estar acima do primeiro pico, registrado em maio”, afirmou Gomes.

A curva do Brasil é diferente da do RJ. Em vez de um pico e uma subsequente queda — com sinal de retomada no crescimento —, há uma oscilação num platô, com tendência de aumento.

Fonte: G1 CE 31/07/2020 15h10

--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Ceará

PRF apreende 26 motocicletas e ciclomotores que trafegavam com irregularidades na BR-020, no interior do Ceará

Veículos tinham irregularidades como não licenciamento, condução por pessoas não habilitadas ou sem condições de dirigir, entre outros.

Publicado

em

PRF apreende 26 motocicletas e ciclomotores em fiscalização no quilômetro 205, da BR-020, em Boa Viagem, no Ceará. — Foto: Reprodução/PRF/ Divulgação
header ads

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu 26 motocicletas e ciclomotores que trafegavam de forma irregular no quilômetro 205, da BR-020, no município de Boa Viagem, a 220 quilômetros de Fortaleza. A ação aconteceu no sábado (8).

Conforme a PRF, os agentes estavam realizando uma fiscalização no trecho quando identificaram os veículos com irregularidades como não licenciamento, condutores não habilitados, entre outros.

Durante a ação, os policiais também fizeram autuações previstas nos artigo 310 e 330, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e do Código Penal, respectivamente. O primeiro diz que permitir, confiar ou entregar a direção de veículo automotor a pessoa não habilitada, com habilitação cassada ou com o direito de dirigir suspenso, ou, ainda, àquelas que não têm condições de conduzi-lo com segurança. O artigo 310 se refere à desobediência a ordem de funcionário público

Após a apreensão, os veículos foram conduzidos para o pátio da empresa contratada pelo órgão.

Fonte: G1 CE 10/08/2020 13h45

Continue lendo

Ceará

Ceará tem 186.563 diagnósticos positivos para Covid-19; estado ultrapassa meio milhão testes

O número de pessoas que não resistiram à doença é de 7.946.

Publicado

em

Testagem para Covid-19 — Foto: Reprodução/Aen/Divulgação
header ads

O Ceará chegou a 186.563 casos da Covid-19 e 7.946 mortes confirmadas pela doença, segundo dados da plataforma IntegraSUS, atualizada pela Secretaria Estadual de Sáude às 16h58 desta sexta-feira (7). Para identificar o novo coronavírus, já foram realizados 516.941 testes.

Fortaleza é a capital brasileira com a maior taxa de mortalidade por Covid-19, com 139,8 mortes para cada 100 mil habitantes. Desde o início da pandemia, 3.733 pessoas morreram com a doença na cidade.

O número de pacientes recuperados é de 156.854. Já foram notificados 538.258 casos em todo o Estado. Há ainda 82.937 casos suspeitos (casos que aguardam o resultado de exame, casos com exames inconclusivos e casos notificados sem a solicitação de exame) e 606 mortes em investigação.

A plataforma indica que as maiores incidências de casos confirmados da Covid-19 são registradas em Acarape (8.500,2), Groaíras (5.854,7), Flecheirinha (6.232,2), Chaval (5.807,6) e Moraújo (5.261,3).

Fortaleza lidera os índices em números absolutos, com 43.423 casos confirmados e 3.733 óbitos pela doença. A incidência registrada na capital, que está na quarta e última fase do processo de reabertura econômica, é de 1.626,7.

Sobral, na Região Norte, tem incidência de 4.893,4, com 10.224 diagnósticos positivos e 288 mortes. Em Juazeiro do Norte, já foram contabilizados 11.552 casos e 233 óbitos. A incidência na cidade do Cariri está em 4.212,9.

Na Região Metropolitana de Fortaleza, Maracanaú concentra 5.559 casos, 234 mortes e tem incidência de 2.439,4. Em Caucaia, cidade com incidência de 1.449,1, já foram infectadas 5.237 pessoas e 321 morreram pela Covid-19. Maranguape registra 4.223 diagnósticos positivos, 108 mortes e uma incidência de 3.274,2.

Veja outras informações da plataforma:

  • A taxa de ocupação das UTIs cearenses é de 68,11%;
  • A taxa de ocupação das enfermarias cearenses é de 37,86%;
  • A letalidade da doença no Estado é de 4,3%.

Veja como está o plano de retomada por região:

  • Fortaleza segue na fase 4 (cinemas e bares ainda não têm permissão de funcionamento)
  • Municípios da Macrorregião de Fortaleza avançam para a fase 4;
  • Macrorregiões do Sertão Central e Litoral Leste/Jaguaribe continuam na fase 2;
  • Macrorregião Norte segue para a fase 2;
  • Macrorregião do Cariri segue para a fase 1

Fonte: G1 CE 07/08/2020 10h30

Continue lendo

Ceará

Cartórios do Ceará passam a inscrever, regularizar e emitir 2ª via do CPF

No Estado, 475 unidades oferecem os serviços.

Publicado

em

Cartão do Cadastro de Pessoas Física (CPF) — Foto: Reprodução/Divulgação/Prefeitura de Guarulhos
header ads

Cartórios do Ceará passam a realizar atos de inscrição, alterações, consultas e emissão de segunda via de Cadastro de Pessoas Físicas (CPFs). O serviço está disponível a partir deste mês de agosto, em 475 unidades do Estado, conforme a Receita Federal.

O convênio firmado entre a Receita Federal e a Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-Brasil) tem como base a Lei Federal nº 13.484/1720, que transformou os municípios e distritos do país em Ofícios da Cidadania aptos a fazerem parcerias com órgãos públicos para a solicitação e entrega de documentos de identificação.

A iniciativa, que teve início no dia 1º de julho nas unidades de Registro Civil do Estado de São Paulo, está sendo expandida para todo país e irá permitir que o cidadão saia do cartório com o CPF regularizado.

Nos casos em que o sistema interligado com a Receita Federal apontar a necessidade de complementação do atendimento, a pessoa que solicitou poderá fazer o acompanhamento da situação de forma online pela internet, mediante entrega de login e senha ao solicitante.

Segundo a Receita, os Cartórios de Registro Civil poderão cobrar do solicitante uma tarifa de conveniência no valor de R$ 7, para fins de sustentabilidade dos serviços. Já os casos de inscrição no CPF realizada no ato do registro de nascimento, cancelamento no caso de óbito e alteração do nome por conta de casamento permanecem gratuitos.

Fonte: G1 CE 06/08/2020 14h24

Continue lendo

Destaques