Conecte-se conosco

Polícia

Criminosos invadem lotérica e roubam dinheiro e pertences das vítimas na Paraíba

Os suspeitos chegaram ao local, anunciaram o assalto e renderam as pessoas que estavam no local.

Publicado

em

A Polícia Militar foi acionada e segue em diligência a procura dos suspeitos. (Foto: Walla Santos)
header ads

Dois homens invadiram e assaltaram uma lotérica, na manhã desta quarta-feira (29), no bairro Jardim Sorrilândia, na cidade de Sousa, na Paraíba. Os suspeitos chegaram ao local, anunciaram o assalto e renderam as pessoas que estavam no local.

Os criminosos fugiram em uma moto, levando pertences das vítimas e uma quantia em dinheiro não revelada.

A Polícia Militar foi acionada e segue em diligência a procura dos suspeitos. Até o momento ninguém foi preso.

Fonte: Click PB
Publicado em 29.07.2020 às 08:15

--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Polícia

Homem é morto com tiros na cabeça e tem corpo apedrejado em Sousa

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Publicado

em

A Polícia Militar fez o isolamento da área até a chegada da perícia. (Foto: Walla Santos)
header ads

Um homem foi morto com um tiro na cabeça e teve o corpo apedrejado no fim da tarde desta terça-feira (4), em Lagoa dos Patos, bairro de Sousa, no Sertão da Paraíba.

De acordo com informações da Polícia Militar, a vítima, sofreu um disparo de arma de fogo na cabeça e apedrejamento.

Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada, mas a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O SAMU constatou o óbito.

No local foi encontrado um simulacro de arma de fogo.

A Polícia Militar fez o isolamento da área até a chegada da perícia. O corpo deve ser encaminhado ao Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (NUMOL) de Patos.

Não há informações sobre o que teria motivado o crime ou os possíveis suspeitos. Até o momento, ninguém foi preso.

Fonte: Click PB
Publicado em 04.08.2020 às 18:47

Continue lendo

Polícia

Polícia desarticula mais um ponto de venda de drogas no Sertão da Paraíba e prende suspeito de tráfico

O delegado Carlos Seabra disse que durante a ação foram presas duas pessoas, sendo que um homem foi autuado por tráfico de entorpecentes e o outro era usuário.

Publicado

em

Foram apreendidos papelotes de drogas prontos para a comercialização, sacos plásticos para as embalagens e uma quantia em dinheiro. (Foto: Reprodução/Divulgação/Polícia Civil da Paraíba)
header ads

A Polícia Civil desarticulou mais um ponto de tráfico de drogas no Sertão da Paraíba. Na ação realizada na manhã desta terça-feira (4) a equipe da Delegacia Seccional de Itaporanga deu continuidade à Operação Midas, sendo cumpridos três mandados de busca na cidade de Sousa.

O delegado Carlos Seabra disse que durante a ação foram presas duas pessoas, sendo que um homem foi autuado por tráfico de entorpecentes e o outro era usuário. Foram apreendidos papelotes de drogas prontos para a comercialização, sacos plásticos para as embalagens e uma quantia em dinheiro.

“Os mandados de busca foram expedidos a pedido do delegado de Coremas e são referentes a investigações sobre assaltos ocorridos na cidade. Os flagranteados foram conduzidos até a delegacia distrital de Sousa, onde o delegado plantonista realizou os procedimentos cabíveis”, explicou Carlos Seabra.

A população pode colaborar com a Polícia Civil fazendo qualquer tipo de denúncia através do disque-denúncia pelo número 197. A ligação é gratuita e é garantido o anonimato da pessoa denunciante.

Fonte: Click PB
Publicado em 04.08.2020 às 15:05

Continue lendo

Polícia

Madeira ilegal do PA é apreendida na PB enquanto era levada para PE

É a segunda vez em menos de dez dias que a PRF faz uma grande apreensão de madeira ilegal

Publicado

em

Madeira ilegal era proveniente do Pará (Foto: Reprodução/Divulgação/PRF)
header ads

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu na manhã desta segunda-feira (3) em Campina Grande (PB), uma carreta carregada com madeira extraída de forma irregular no estado do Pará. A madeira ilegal teria como destino o estado de Pernambuco.

Os policiais abordaram o caminhão na BR-230, km 143, na Unidade Operacional da PRF de Santa Terezinha, localizada nas proximidades de Campina Grande. O caminhão estava transportando 23 metros cúbicos de madeira serrada com Documento Florestal com informações falsas. A fraude é utilizada para extrair madeira de forma ilegal, o que causa danos expressivos ao meio ambiente.

Madeira ilegal

A madeira foi extraída de forma ilegal no município de Moju, localizado a cerca de 130 km de distância da capital paraense e teria como destino o município de Timbaúba-PE. Em menos de 10 dias, essa é a segunda carga ilegal de madeira apreendida pela PRF na Paraíba proveniente de Moju. No último dia 26 de julho foram apreendidos 18,62 metros cúbicos de madeira extraída de forma ilegal em Campina Grande, que teria como destino a cidade de Guarabira.

Suspeito vai responder

O condutor do caminhão, um homem de 37 anos, informou aos policiais que receberia a quantia de R$ 295 por metro cúbico de madeira transportada, o que resultaria em um valor superior a R$ 6 mil. Foi confeccionado Termo Circunstanciado de Ocorrência e ele deverá responder por transportar madeira extraída de forma ilegal, com pena prevista de seis meses a um ano.

Fonte: Portal Correio
03/08/2020

Continue lendo

Destaques