Conecte-se conosco

Polícia

Advogado é preso suspeito de participar de organização criminosa.

Publicado

em

header ads

A Polícia Civil da Paraíba, através do trabalho investigativo da Delegacia de Crimes Contra o Patrimônio(Roubos e Furtos) de Campina Grande – DRF/CG, em ação conjunta com a Força Tarefa enviada para apurar crimes ocorridos em Catolé do Rocha, prendeu na tarde deste sábado(27Junho2020), em Campina Grande, um advogado que teria ligação com organizações criminosas responsáveis por ataque a bancos e homicídios no Sertão do Estado.

O advogado foi preso em razão do cumprimento de mandado de prisão preventiva expedido pela 2ª Vara Mista da Comarca de Pombal. A prisão aconteceu no bairro José Pinheiro, em Campina Grande.

Ele é suspeito de ser um dos líderes da organização criminosa desarticulada na Operação Ladinos, deflagrada no sertão paraibano, no final do ano passado.

Durante as investigações ficou evidenciado que além de atuar na advocacia da organização criminosa, o advogado era o mentor intelectual da organização e o responsável pela aquisição de armas de fogo que eram utilizadas nas ações do grupo”, destacou o delegado Diego Beltrão, da DRF-CG.

A Operação Ladinos teve como objetivo desarticular uma organização criminosa que praticou diversos assaltos a bancos e carro-forte nos estados da Paraíba e Rio Grande do Norte, Resultando na prisão de 22 criminosos e apreensão de diversas armas de fogo de grosso calibre.

Segundo o delegado Diego Beltrão, da DRF/CG, o advogado vinha sendo investigado há mais de dois anos, quando houve uma série de “estouro de bancos” na região do Sertão. As investigações concluíram que ele se utilizava de sua prerrogativa de advogado para colaborar com informações para membros de organizações criminosas.

Por conta dessa conduta, foi determinado pela Justiça que ele fosse proibido de frequentar o Fórum e outro locais em que pudesse ter acesso a informações, no entanto, foi verificado que ele continuou a manter contatos com os suspeitos de fazerem parte de crimes cometidos em várias cidades do Sertão”, disse.

Policiais que fazem parte da Força Tarefa enviada para investigar a chacina ocorrida em Catolé do Rocha na semana passada também entraram no caso e descobriram que o advogado teria envolvimento com as duas quadrilhas que provocaram as mortes de famílias rivais na cidade.

Com o desenvolvimento das investigações e constatação de que ele estava descumprindo as determinações judiciais, bem como sua relação com essas organizações criminosas, as equipes da DRF/CG e da Força Tarefa da Polícia Civil, conseguiram localizá-lo e prendê-lo em Campina Grande neste sábado”, concluiu o delegado Diego Beltrão.

As investigações continuam e a Polícia Civil deverá conceder uma entrevista coletiva na Central de Polícia de Campina Grande, nesta segunda-feira(29Julho2020), às 10h00, quando serão repassados detalhes sobre a prisão do advogado e outras informações sobre o caso.

Ascom/ PC Paraíba.

--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Polícia

Polícia acaba orgia com cerca de 25 pessoas em motel.

Publicado

em

header ads

A Polícia Militar de Aparecida de Goiânia em Goiás, acabou com uma orgia com cerca de 25 pessoas dentro de um motel no município.

O caso aconteceu na noite desta terça-feira (7), na região metropolitana da capital de Goiás.

A suruba foi interrompida por agentes da Secretaria de Meio Ambiente (Semma), com o apoio da PM

Quando os agentes chegaram muitos participantes estavam em pleno ato sexual e se assustaram com a chegada da polícia.

O organizador do evento que de acordo com a prefeitura de Aparecida de Goiânia é reincidente nesse tipo de festa foi multado em R$ 20 mil. A mesma pessoa já teria organizado uma festa de luxo em uma chácara da cidade na última segunda-feira, com aproximadamente 100 participantes.

Fonte: Catolé em Foco

Continue lendo

Polícia

Veículo roubado em Pernambuco é recuperado pela PRF da Paraíba

O homem foi detido, conduzido à Polícia Civil

Publicado

em

Foto: Reprodução/Divulgação
header ads

A Polícia Rodoviária Federal na Paraíba (PRF/PB) recuperou, na tarde da última quinta-feira (9), um veículo Kia Sportage roubado avaliado em R$ 46 mil. A ação ocorreu durante fiscalização realizada na BR 101, km 85, no município de Bayeux.

Os policiais identificaram que o veículo havia sido roubado há dois meses em Recife, Pernambuco. Após conferir o documento apresentado pelo condutor, a PRF também constatou que havia indícios de adulteração.

O motorista, de 35 anos, confidenciou que tinha comprado o carro por R$ 20 mil em uma feira de negociação na cidade de Campina Grande. Ao ser questionado de quem havia adquirido, ele alegrou que não tinha o contato do vendedor nem apresentou qualquer documento que pudesse comprovar a negociação.

O homem foi detido, conduzido à Polícia Civil e deverá responder judicialmente pelo crime de receptação de veículo roubado e uso de documento falso.

Fonte: Paraiba.com.br/com PRF
10/07/2020 | 11h28min

Continue lendo

Polícia

Casal é flagrado fazendo sexo em plena luz do dia em cidade do Sertão da Paraíba.

Publicado

em

header ads
A Polícia Militar de Bonito de Santa Fé, no Sertão da Paraíba, foi acionada por volta das 14h40 desta quarta-feira (8), para atender uma ocorrência de atos obscenos na Praça do Aeroporto, onde segundo informações, um jovem e uma garota menor de idade estavam fazendo sexo em plena via pública.
A genitora da menor foi informada do ocorrido e as partes envolvidas saíram do local antes da chegada da polícia, que realizou diligências com intuído de localizar os envolvidos, mas sem êxito.
Da Redação
Sertão Informado
Continue lendo

Destaques