Conecte-se conosco

Paraíba

Romero, Cartaxo e João mantêm recomendação para isolamento, mesmo com pronunciamento de Bolsonaro

Prefeitos e governador redobraram pedido para que população se mantenha em casa. Medidas são aprovadas por médicos e especialistas em saúde.

Publicado

em

header ads

O pronunciamento feito ontem pelo presidente Jair Bolsonaro, criticando o fechamento do comércio e medidas de prevenção à propagação do coronavírus, não surtirá efeito nas determinações adotadas na Paraíba. Pelo menos é o que ficou claro nos posicionamentos dos prefeitos Romero Rodrigues (PSD) e Luciano Cartaxo (PV), assim como do governador João Azevêdo (Cidadania), nesta quarta-feira (25). Os três decidiram manter os decretos já em vigor e redobrar as recomendações para a permanência do isolamento social.

E os três estão corretos. Essa é a orientação das autoridades de saúde e de centenas de especialistas médicos. É também o ‘caminho’ que já deu certo e foi adotado pelos países europeus, para evitar uma catástrofe humanitária.

O governador João Azevêdo considerou um “desserviço” a atitude do presidente, colocando em risco “tudo o que está duramente sendo construído para proteger a população”. Já Cartaxo, através de suas redes sociais, disse que “o grave momento que o Brasil atravessa pede serenidade e trabalho conjunto, O que realmente importa, agora, é salvar vidas”.

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, em entrevista ao Bom Dia Paraíba, das TV’s Paraíba e Cabo Branco, afirmou que “vamos continuar nos baseando nas orientações da Organização Mundial da Saúde. Não vamos politizar o tema e fazer as ações de saúde preventiva. Não é momento de politizar essa questão. Vou seguir a orientação que temos observado e dado certo em outros países”, assinalou.

--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Paraíba

PB registra 35 mortes por coronavírus em 24h; total chega a 414

Mais 1.159 casos de coronavírus foram registrados nesta quarta-feira (3), chegando ao total de 16.018

Publicado

em

Coronavírus, causador da Covid-19 (Foto: Reprodução/Divulgação/OMS)
header ads

A Paraíba registrou nesta quarta-feira (3) mais 1.159 casos de coronavírus, chegando ao total de 16.018. 35 mortes provocadas pelo patógeno foram contabilizadas em 24 horas, totalizando 414 em todo o estado, maior número de óbitos confirmados em um dia. O levantamento diário da Secretaria de Estado da Saúde (SES) mostra que 3.170 pessoas se recuperaram da Covid-19 e outros 16.043 casos foram descartados para a doença.

Isolamento

Nessa terça-feira (2), segundo dia de isolamento social mais rígido em João Pessoa, o percentual de pessoas que não foram às ruas atingiu 43% da população, número abaixo do recomendado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que é de 70%, e não muito diferente do que já vem sendo praticado nas últimas semanas.

Resumo | Últimas 24h na Paraíba

  • Confirmados: 16.018 (eram: 14.859)
  • Descartados: 16.043 (eram: 13.270)
  • Cidades: 199 (eram: 197)

Dentre os confirmados

  • Recuperados: 3.175 (eram: 2.920)
  • Isolados em casa: 11.942 (eram: 11.062)
  • Internados: 487 (eram: 498)
  • Mortos: 414 (eram: 379)

Leitos

A ocupação de leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em todo o estado é de 69%.

Leitos para Covid-19 ativos em todo o estado:

  • Enfermaria: 584 (274 ocupados)
  • UTI: 307 (213 ocupados)

Na Grande João Pessoa, a ocupação em UTI para adultos chegou a 84%. Em Campina Grande, 67% das UTIs estão ocupadas. No Sertão, a ocupação é de 65%.

Mortes

De acordo com a SES, 35 mortes foram confirmadas nesta quarta (3), maior número de óbitos confirmados em apenas 24h. Ainda conforme o boletim da SES, a taxa de mortalidade na Paraíba segue em 2,6% nesta quarta-feira (3).

Cidades afetadas

Os dados apontam que 199 cidades já foram atingidas pela doença. O número mostra que 89,23% dos 223 municípios paraibanos já registram pelo menos um caso da Covid-19. Benardino Batista e Caraúbas registraram os primeiros casos nesta quarta (3).

Fonte: Portal Correio
3 de junho de 2020

Continue lendo

Paraíba

Detran-PB prorroga suspensão do atendimento presencial

Usuários devem recorrer aos canais online de atendimento.

Publicado

em

Detran prorroga a suspensão do atendimento presencial e recomenda canais online de atendimento. — Foto: Reprodução/detran.pb.gov.br
header ads

Departamento Estadual de Trânsito (Detran-PB) prorrogou suspensão no atendimento presencial para a maioria das suas atividades, nesta terça-feira (2). A decisão foi feita através da portaria nº 132/2020, que também mantem alguns serviços que foram reabertos durante a pandemia de Covid-19, por meio de agendamento.

Essas medidas têm vigência até o próximo dia 14 de junho, de acordo com as deliberações dos recentes decretos editados pelo Governo do Estado da Paraíba.

De acordo com o documento, continuam suspensas a abertura de novos processos de carteira de habilitação (CNH); a avaliação de candidatos pela Junta Médica Especial; as atividades das Bancas Examinadoras de avaliação de condutores; a avaliação médica e psicológica; as aulas teóricas e práticas ministradas presencialmente pelos Centros de Formação de Condutores (CFCs) credenciados pelo órgão; bem como as ações presenciais da Coordenação de Educação de Trânsito.

A recomendação aos usuários é de utilizarem os serviços eletrônicos disponíveis no site detran.pb.gov.br. Por meio do site e do aplicativo, os serviços online são:

  • Impressão da guia para pagamento de boleto de licenciamento anual;
  • Consulta de processo do veículo;
  • Ingresso com recurso de multa;
  • Parcelamento de multas e licenciamento em atraso, por empresas credenciadas ao Detran-PB;
  • Emissão e impressão do CRLV Digital (por meio do aplicativo Carteira Digital de Trânsito);
  • Agendamento para liberação de veículos;
  • Agendamento para serviços de vistoria;
  • Solicitação de 2ª via da Carteira Nacional de Habilitação e da CNH definitiva.

Entre outros pontos, a nova portaria da Direção do Detran-PB levou em consideração o inciso VI do Artigo 5º do Decreto Estadual nº 40.289/2020, que resguarda “o deslocamento a quaisquer órgãos públicos, inclusive delegacias e unidades judiciárias, no caso da necessidade de atendimento presencial ou no de cumprimento de intimação administrativa ou judicial”.

Fonte: G1 PB 02/06/2020 11h38

Continue lendo

Paraíba

Começa campanha de vacinação contra febre aftosa

Deve ser vacinado todo o rebanho paraibano, que atualmente é de 1.285.952 bovinos e 1.976 bubalinos

Publicado

em

Estado possui mais de 1 milhão de cabeças de gado (Foto: Imagem ilustrativa | Sidney Oliveira/Agência Pará)
header ads

Começa nesta segunda-feira (1º) a primeira etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa em todas as regiões da Paraíba. Nesta etapa, que acontece de 1º a 30 de junho, deve ser vacinado todo o rebanho paraibano, que atualmente é de 1.285.952 bovinos e 1.976 bubalinos, de acordo com dados da Gerência de Defesa Agropecuária do Estado (Geda).

O secretário do Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca, Efraim Morais, comentou que essa é uma campanha diferente. “Sabemos das dificuldades que ora atravessamos devido à pandemia do Covid-19, mas a Sedap, juntamente com o corpo técnico, montou uma estratégia operacional sem ferir o decreto governamental existente e com certeza vamos obter êxito no resultado da etapa e prosseguirmos com o nosso desiderato já previamente planejado”, afirmou.

Aquisição das vacinas

Os criadores terão até o dia 30 de junho para comprar as vacinas contra a doença em farmácias autorizadas e vacinarem seus rebanhos. Mesmo quem tem apenas uma cabeça de gado está obrigado a cumprir com a determinação do Ministério da Agricultura.

Segundo o gerente da Defesa Agropecuária, Rubens Tadeu, todos os técnicos estão envolvidos na campanha para percorrer as propriedades a fim de fiscalizar e orientar sobre a importância de continuar vacinando o rebanho. Ele lembra que, após o prazo, os criadores terão 10 dias para comprovar a vacinação em escritórios da Geda. “É muito importante que os criadores comprovem a vacinação para evitar sanções e multas e poder transitar livremente dentro do Estado com o seu rebanho”, alertou.

Fonte: Portal Correio
1 de junho de 2020

Continue lendo

Destaques