Conecte-se conosco

Esportes

Paulo Autuori é o novo treinador do Botafogo

Paulo Autuori assumirá o Alvinegro pela quarta vez na carreira.

Publicado

em

Paulo Autuori é o novo treinador do Botafogo - Foto: Reprodução/Botafogo

O Botafogo anunciou, na tarde desta quarta-feira (12), que Paulo Autuori é o novo treinador do time profissional. De volta ao Glorioso, o técnico chega para ocupar a vaga de Alberto Valentim, demitido no último domingo após a derrota por 3 a 0 para o Fluminense.

Paulo Autuori assumirá o Alvinegro pela quarta vez na carreira. Na primeira, ele conquistou o título do Campeonato Brasileiro em 1995, o último conquistado pelo clube carioca.

Nas redes sociais, o Botafogo utilizou declarações do treinador da época da conquista do nacional para anunciar o novo comandante da equipe, que terá a companhia do auxiliar-técnico Renê Weber.

Além de 1995 e este ano, o novo técnico também dirigiu o time em 1998 e em 2001. Desta forma, Autuori e Botafogo e reencontram depois de praticamente duas décadas.

Na próxima quinta-feira (13), o Botaogo fará a coletiva de apresentação do novo comandante, às 13h45, na Sala de Imprensa Sandro Moreyra, no Estádio Nilton Santos.

Fonte: Jovem Pan 12/02/2020 14h49

Continue lendo
--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Esportes

Corinthians oficializa contratação de Éderson por cinco temporadas

Agora é oficial!

Publicado

em

Éderson foi anunciado como reforço do Corinthians - Foto: Reprodução/Divulgação

Agora é oficial! O Corinthians anunciou, nesta sexta-feira (21), Éderson como novo reforço do clube. Ex-Cruzeiro, o volante assinará contrato válido até janeiro de 2025.

Éderson, de apenas 20 anos, chega ao Timão após rescindir contrato com a Raposa. Na equipe mineira, o jogador realizou 21 partidas na última edição do Campeonato Brasileiro, sendo responsável por dois gols. Um, inclusive, diante do próprio Corinthians.

Apesar de possuir características de um meio-campista ofensivo, Éderson também terminou o Brasileirão com uma média de 2 roubadas de bola por partida. A marca é superior, por exemplo, a de Cantillo no Paulistão.

No Corinthians, Ederson brigará por posição com Camacho e Víctor Cantillo, jogadores que são titulares de Tiago Nunes neste início de 2020.

Fonte: Jovem Pan
21/02/2020 13h54

Continue lendo

Esportes

Deyverson marca, Getafe supera o Ajax e larga na frente na Liga Europa

A equipe holandesa foi pouca criativa.

Publicado

em

Deyverson marcou um dos gols da vitória do Getafe sobre o Ajax - Foto: EFE/ JuanJo Martin

Com um gol do ex-palmeirense Deyverson e outro do também brasileiro Kenedy, o Getafe superou o Ajax por 2 a 0, nesta quinta-feira (20), no Coliseum Alfonso Pérez, na Espanha, e largou com boa vantagem por uma vaga na fase de oitavas de final da Liga Europa. Os gols foram anotados um em cada tempo.

A equipe holandesa foi pouca criativa. Apesar de registrar mais posse de bola do que os espanhóis (64% contra 36%), o Ajax não conseguiu incomodar o goleiro David Soria em nenhum momento. Foram apenas duas finalizações, ambas para fora, e apenas no segundo tempo.

Deyverson abriu o placar aos 37 minutos da etapa inicial. A defesa do Ajax fez uma linha de marcação na intermediária em uma cobrança de falta. A bola foi tocada para o lado direito e depois invertida para o esquerdo. Mathías Olivera ajeitou e o ex-jogador do Palmeiras finalizou de pé esquerdo, dentro da área, sem chance para Varela.

Em vantagem, o Getafe se fechou e foi bastante eficiente na marcação. O Ajax não conseguiu superar o bloqueio e, para piorar, ainda levou o segundo. Aos 48 minutos, após roubada de bola, Kenedy recebeu na esquerda, avançou desde o meio de campo e finalizou de pé esquerdo. A bola desviou na defesa e tirou o goleiro do lance.

O jogo de volta será no dia 27 de fevereiro, na Johan Cruijff Arena, em Amsterdam. O Ajax terá de vencer por três gols de diferença para avançar. O Getafe pode perder por um gol ou até por dois, desde que marque como visitante.

Fonte: Jovem Pan 20/02/2020 17h36
*Com Estadão Conteúdo

Continue lendo

Esportes

Ex-capitã pede sequência de Pia na seleção feminina: “Melhor do mundo”

Aline Pellegrino enaltece importância da técnica após Tóquio 2020

Publicado

em

Foto: Lucas Figueiredo/CBF/Direitos Reservados

O trabalho de Pia Sundhage na seleção feminina de futebol está apenas no início, mas um dos maiores nomes da história da modalidade no Brasil defende que a técnica sueca tenha, ao menos, a garantia de mais um ciclo de trabalho, independente do resultado nos Jogos de Tóquio (Japão). Ex-zagueira e capitã da seleção, pela qual atuou entre 2004 e 2013, Aline Pellegrino acredita que o papel da treinadora será fundamental, principalmente na transição entre a geração das craques Marta, Cristiane e Formiga e a seguinte.

“Se olharmos para a primeira Copa do Mundo, em 1991, e a primeira Olimpíada [com futebol feminino], em 1996, nunca tivemos um técnico por quatro anos inteiros. Que bom que ela começou antes [de um ciclo completo]. Acho que tem de ser cobrança zero [por resultados em Tóquio]”, declarou Aline à Agência Brasil durante evento na unidade Interlagos do Sesc, em São Paulo.

“O que imagino da Pia? É na hora que uma Marta, Formiga e Cristiane estiverem saindo. Acho que, se não tivesse uma Pia, elas estariam mais perdidas. Hoje, elas têm uma comandante, sabem onde seguir. Na hora da transição, já se terá um caminho trilhado”, afirmou.

Os números de Pia são positivos. Em oito jogos, são seis vitórias e dois empates no tempo normal (a seleção perdeu duas disputas na disputa de pênaltis, para Chile e China). Foram 24 gols marcados e dois sofridos, com 42 atletas diferentes convocadas e 38 testadas no período. Nessa sequência, destaque para as goleadas sobre México (6 a 0) e Argentina (5 a 0), ambas em São Paulo, e vitórias sobre seleções à frente no ranking mundial como Inglaterra (2 a 1) e Canadá (4 a 0). Para o Torneio amistoso da França, entre 2 e 11 de março, a sueca chamou nesta terça-feira (18) duas caras novas: a goleira Natascha, do Paris (França), e a lateral Jucinara, do Corinthians.

A técnica assumiu o time brasileiro em julho no lugar de Vadão, que deixou a seleção após a eliminação nas oitavas de final da última Copa. Pia chegou credenciada pelo bicampeonato olímpico no comando dos Estados Unidos (2008 e 2012) e pelo prêmio de melhor treinadora de futebol feminino pela Fifa em 2012. Na Olimpíada de 2016, no Rio de Janeiro, conquistou a medalha de prata com a Suécia, batendo a equipe de Marta e companhia nas semifinais.

“É a melhor técnica do mundo”, afirmou Aline. “Espero que Pia esteja sendo feliz aqui no Brasil, com as jogadoras e o que está sendo oferecido, para que ela deseje seguir por muito tempo. Ela esteve acompanhando os jogos do Campeonato Brasileiro, do Paulista e de outros estaduais. É a característica dela. Gosta de estar perto dos clubes, das organizações. Estamos no caminho e temos que aproveitar essa experiência dela”, completou.

Diretora de futebol feminino da Federação Paulista (FPF) desde 2016, Aline atuou profissionalmente entre 1997 (quando tinha apenas 15 anos) e 2013. Pela seleção, fez parte da geração medalhista de prata nãos Jogos de Atenas (2004), foi vice-campeã mundial em 2007, na China, e foi superada nas quartas de final da Copa de 2011, na Alemanha, pelos Estados Unidos (à época comandados exatamente por Pia). Após a carreira como jogadora, foi técnica do Vitória das Tabocas (PE) e supervisora do time formado na parceria Corinthians/Audax, precursora da atual equipe feminina do timão, antes de assumir o cargo na FPF.

Fonte: Agência Brasil
Publicado em 18/02/2020 – 21:48 Por Lincoln Chaves – Repórter da TV Brasil – São Paulo
Edição: Fábio Lisboa

Continue lendo

Destaques