Conecte-se conosco

Entretenimento

Revival de ‘CSI: Investigação Criminal’ está em desenvolvimento

A ideia seria lançar a nova série em tempo para seu 20º aniversário

Publicado

em

"CSI: Investigação Criminal" pode ter novos episódios antes de completar 20 anos - Foto: Reprodução/Divulgação
header ads

Uma das séries mais populares dos últimos anos pode voltar ao ar: o canal CBS quer um revival de “CSI”, de acordo com a Variety. O projeto ainda está nas fases iniciais e nenhum nome do elenco original da trama, que foi ao ar de 2000 a 2015, está atualmente cotado para retornar.

A ideia seria lançar a nova série em tempo para seu 20º aniversário, que acontece em outubro. O criador Anthony Zuiker está negociando, assim como o produtor Jerry Bruckheimer e o time criativo do original.

“CSI” foi um sucesso para a CBS, com imensa audiência durante todos os anos. A história acompanhava os integrantes do Laboratória Anticrime de Las Vegas, resolvendo crimes usando tecnologia forense. No elenco havia nomes como William Petersen, Marg Helgenberger, George Eads, Gary Dourdan, Jorja Fox, Paul Guilfoyle, Robert David Hall, e Eric Szmanda. Ainda houve três spinoffs: “CSI: Miami,” “CSI: New York,” e “CSI: Cyber.”

Fonte: Jovem Pan 11/02/2020 07h55

--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Entretenimento

Larissa Manoela fará participação no show do ‘Criança Esperança’

O evento anual, que será na próxima segunda (28/9), será gravado sem plateia e com participações remotas de cantores

Publicado

em

(Foto/crédito: Reprodução/Giral Projetos/Divulgação)

header ads
A atriz Larissa Manoela realizará uma participação especial no show do Criança Esperança 2020, que ocorre na próxima segunda-feira (28/9). O evento anual será gravado sem plateia e com participações remotas de cantores, apresentadores e atores da Globo, incluindo Larissa, que aparecerá na campanha pela primeira vez.

Contratada para uma novela em 2020, Larissa participará de um vídeo produzido para homenagear os profissionais da área de saúde pela atuação durante a pandemia do novo coronavírus. A informação foi confirmada para o Estadão pela assessoria da emissora.

O show será apresentado por Fátima Bernardes, Luis Roberto, Tiago Leifert, Jessica Ellen, Luciano Huck e Maju Coutinho, e gravado nos Estúdios Globo sem plateia, devido à pandemia. Entre as participações especiais confirmadas também estão Pedro Bial, Serginho Groisman e Ana Maria Braga.

Em 2020, o Criança Esperança chega à 35ª edição, e passou por algumas mudanças devido ao cenário atual. Neste ano, o público não fará doações em dinheiro para a campanha, que são distribuídas para ONGs, e elas poderão ser feitas apenas por empresas. Já os telespectadores podem enviar vídeos pelo site da campanha que serão exibidos durante a programação da Rede Globo.

Fonte: Correio Braziliense
Agência Estado postado em 23/09/2020 08:51

Continue lendo

Entretenimento

Morre, aos 89 anos, o ator francês Michael Lonsdale de 007 e Munique

Sem detalhar a causa da morte, agente do ator que esteve em mais de 200 produções confirmou a informação para a BBC

Publicado

em

header ads
Ator em quase 250 produções, ao longo de carreira que atravessou seis décadas, o francês Michael Lonsdale morreu, aos 89 anos, na casa mantida em Paris. A última participação nas telas foi modesta, no filme Sculpt (2016), mas em nada apagou a projeção do artista que trabalhou com cineastas como François Truffaut, Luis Buñuel, Louis Malle e Fred Zinnemann. Talento apadrinhado pelo diretor belga Raymond Roleau, Lonsdale era poliglota, tendo como pai um oficial do Exército Britânico e mãe francesa. Ainda que relutasse a entrar o circuito de produções de alto orçamento de Hollywood, o ator integrou, na pele do vilão Hugo Drax, o longa 007 contra o foguete da morte (1979).

Alguns dos grandes êxitos nas telas foram colhidos em filmes oitentistas como Carruagens de fogo e O nome da rosa. Na evolução da carreira, sete anos depois da estreia em meados dos anos 50, Lonsdale trabalhou com Orson Welles na adaptação de O processo (1962). Curiosamente, o artista teve ligação forte com o cinema latino-americano, tendo sido corroterista de Mora (1982), em torno de um jornalista que presencia assassinato, e, num momento de brilho, o ator estrelou ao lado de Irene Papas e Claudia Ohana, o longa Erêndira, assinado por Ruy Guerra.

Dois outros momentos de destaque derivaram indiretamente do entrosamento de Lonsdale com o movimento de Renovação Carismática Católica: ele interpretou o Papa visto no filme de Steven Spielberg Munique (2005), além de ter conquistado o único prêmio César (o principal do âmbito francês) em papel religioso que dá cerne ao drama do enredo de Homens e deuses (2010). A causa da morte do artista
não foi divulgada.

Fonte: Correio Braziliense
Ricardo Daehn postado em 21/09/2020 18:11 / atualizado em 21/09/2020 18:14

Continue lendo

Entretenimento

Roda Viva recebe a apresentadora Ana Maria Braga na segunda (21/9)

O programa vai ao ar às 22h da segunda-feira (21/9) e é mais uma edição da série que marca os 70 anos da televisão no Brasil

Publicado

em

Desde 1999, Ana Maria comanda o programa 'Mais você' da Rede Globo - (Foto/crédito: Reprodução/RodaViva/Divulgação)

header ads
O programa Roda Viva e a jornalista Vera Magalhães recebem a apresentadora Ana Maria Braga para mais um episódio em comemoração aos 70 anos da televisão no Brasil. O programa vai ao ar na segunda-feira (21/9), a partir das 22h, na TV Cultura, no site da emissora, no canal do YouTube e nas redes sociais Twitter e Facebook.

Na entrevista, entre outros assuntos, Ana fala sobre a trajetória na tevê e os desafios enfrentados na vida pessoal, como a recente luta contra o câncer, que encarou com transparência. A apresentadora também comenta sobre as mudanças impostas pela pandemia.

A bancada de entrevistadores será composta por Fefito, jornalista do UOL e da TV Gazeta; Janaína Nunes, jornalista da TV Record; Ana Lucia Ribeiro, jornalista da TV Democracia; Renata Simões, repórter do programa Metrópolis da TV Cultura; e Paulo Sampaio, jornalista do Uol.

Durante a carreira, Ana Maria apresentou telejornais e teve o primeiro programa, voltado para mulheres, na TV Tupi, e dirigiu o setor comercial das revistas femininas da editora Abril. Na Record, ela dirigiu, produziu e apresentou o programa Note e anote. Mas, foi em 1999, que foi convidada para a TV Globo para o programa Mais você, que conquistou a liderança de audiência no segmento e a consagrou na história da televisão brasileira.

Fonte: Correio Braziliense
postado em 18/09/2020 16:24

Continue lendo

Destaques