Conecte-se conosco

Entretenimento

‘Parasita’ leva prêmio de Melhor Filme e faz história no Oscar

Ao todo, “Parasita” conquistou quatro estatuetas na 92ª edição do Oscar

Publicado

em

"Parasita" foi o grande vencedor do Oscar 2020 - Foto: EFE/EPA/YONHAP SOUTH KOREA OUT
header ads

O sul-coreano “Parasita”, dirigido por Bong Joon-ho, fez história neste domingo ao se tornar o primeiro longa avencer os prêmios de melhor filme internacional e melhor filme em uma edição do Oscar.

Até então, apenas dez filmes tinham sido indicados às duas categorias, mas nenhum havia feito a dobradinha. Na categoria mais aguardada da cerimônia, o filme asiático superou “Ford vs Ferrari”, “O Irlandês”, “JoJo Rabbit”, “Coringa”, “Adoráveis Mulheres”, “História de um Casamento”, “1917” e “Era Uma Vez Em… Hollywood”.

Ao todo, “Parasita” conquistou quatro estatuetas na 92ª edição do Oscar: melhor filme, melhor filme internacional (melhor filme estrangeiro), melhor roteiro original e melhor direção, para Bong Joon-ho.

Os números tornam o filme sul-coreano o grande vencedor do evento em 2020, seguido por “1917”, que chegou à cerimônia como favorito. O filme bélico, dirigido por Sam Mendes, faturou três prêmios: melhor fotografia, melhores efeitos visuais e melhor mixagem de som.

“Estou sem palavras. Nunca imaginamos que isto aconteceria. Estamos muito felizes”, afirmou sobre o palco Kwak Sin-ae, produtora de “Parasita”.

Fonte: Jovem Pan 10/02/2020 07h45
*Com Agência EFE

--Publicidade--
Clique para comentar

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.

Entretenimento

‘Bacurau’ entra na lista de possíveis candidatos ao Oscar 2021

Site americano IndieWire listou a produção nacional como um dos melhores lançamentos do ano

Publicado

em

(foto: Victor Juca/Divulgação)
header ads

O site norte-americano IndieWire, em artigo publicado nesta quinta-feira (6/8), listou o filme brasileiro Bacurau como possível candidato ao Oscar em 2021. Lançada em 2019, a obra de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles só chegou aos cinemas dos EUA no início deste ano, antes da pandemia se tornar crítica e obrigar as salas a fecharem por tempo indeterminado.

Por esse motivo, apesar de não ter sido cotado para representar o Brasil em 2020, o filme é um candidato potencial para aparecer na lista da Academia no próximo ano. Segundo o IndieWire, Bacurau é uma escolha forte. A publicação ainda elogiou o espírito “maravilhoso e louco” da peça audiovisual e incluiu o filme nacional na lista de melhores lançamentos de 2020 até agora.

Sucesso internacional

Além de ganhar a crítica nacional, Bacurau também conquistou espaço internacionalmente. O filme levou o Prêmio do Júri no Festival de Cannes de 2019, sendo esta a primeira conquista do Brasil na categoria, a terceira mais importante da competição oficial francesa. A obra também foi premiada na categoria de melhor filme na principal mostra do Festival de Cinema de Munique, na Alemanha.

Além de ser convidado para mais de 100 mostras de cinema nos cinco continentes, o longa-metragem também foi selecionado para participar do 57º New York Film Festival (NYFF, de 27 de setembro a 13 de outubro de 2019) na Mostra ‘Main Slate’, a principal do festival.

Fonte: Correio Braziliense
Bruna Yamaguti* postado em 06/08/2020 18:38 / atualizado em 06/08/2020 18:46

Continue lendo

Entretenimento

Com mais de 25 mil assinaturas, petição pede volta de ‘Chaves’ para a TV

Após a suspensão da exibição do seriado, fãs se manifestam por meio de uma petição on-line

Publicado

em

Depois de 36 anos, Chaves não será mais exibido no SBT (foto: Televisa/ Reprodução)
header ads

Após a Televisa suspender a exibição de Chaves nos canais latino-americanos, no último sábado (1/8), fãs do seriado criaram uma petição on-line pedindo a volta da transmissão. O documento tem mais de 25 mil assinaturas.

“Não nos calaremos diante dessa notícia. Nós, fãs de Chaves, Chapolin e Chespirito, reunidos nos principais fã-clubes, fóruns e comunidades de fãs dos seriados, pedimos que a Televisa e o Grupo Chespirito resolvam isso da forma mais rápida possível, chegando a um bom termo que beneficie a todos. Que tenham a sensibilidade de dar o devido valor a essas séries tão amadas por toda a América Latina”, consta a descrição do requerimento online.

“O dia de hoje haverá de ser um até breve. Porque Chaves, Chapolin e Chespirito sempre terão um lugar reservado na televisão. E é por esse lugar que estamos nos manifestando”, finaliza.

Florinda Meza, viúva do ator Roberto Bolaños, intérprete de Chaves, também se manifestou nas redes sociais acerca do assunto e lamentou o ocorrido. “Vai contra seus próprios interesses comerciais, porque, neste momento, queremos ver tudo que nos faça lembrar de um mundo que foi melhor. Chespirito já é um programa cultuado. É parte do DNA dos latinos, e que levamos em nossa memória genética. Pretender eliminá-lo do nada é uma medida pouco inteligente”, publicou no Instagram.

View this post on Instagram

¿Qué opino de que se deje de transmitir el programa Chespirito? Aunque no tengo nada que ver porque inexplicablemente no he sido convocada a las negociaciones, creo que justo ahora, cuando el mundo más necesita diversión, hacer eso es una agresión hacia la gente. Además, va en contra de sus propios intereses comerciales, porque en este momento queremos ver todo aquello que nos recuerde un mundo que fue mejor. Chespirito ya es un programa de culto. Es parte del ADN de los latinos, lo llevamos en la memoria genética. Pretender eliminarlo de tajo es una medida poco inteligente. Es triste comprobar cómo en tu propia casa, a la que le has dado millones de dólares, es dónde menos te valoran. Nunca pensé que me llegara a suceder, pero por primera vez encuentro una razón para decir ¡qué bueno que mi Rober no está en este mundo! Este acto incomprensible patea su recuerdo y lo que él más respetó: al público. Tal vez algunos ejecutivos sin visión lo quieren borrar, pero en el corazón y la memoria de los buenos que siempre lo han seguido, estará más vivo que nunca. ¿Verdad que sí? #quevuelvaChespirito #Chespiritoesnuestro #labonitavecindadvirtual

A post shared by Florinda Meza (@florindamezach1) on

Fonte: Correio Braziliense
postado em 03/08/2020 15:00 / atualizado em 03/08/2020 14:46

Continue lendo

Entretenimento

Após 36 anos, SBT não exibirá mais ‘Chaves’, ‘Chapolin’ e ‘Chespirito’

A emissora estava com os direitos de exibição dos programas garantidos até 31 de julho de 2020

Publicado

em

'Chaves' não será mais exibido no SBT (foto: Televisa/ reprodução)
header ads

Chaves, Chapolin e Chespirito deixarão de ser exibidos no SBT a partir de sábado (1º/8). A emissora estava com os direitos de exibição garantidos até 31 de julho de 2020, com a possibilidade de renovação.

“A informação chegou à emissora nesta última quarta-feira (29/7), por notificação da Televisa, emissora mexicana detentora dos direitos da obra produzida, na qual informa que a suspensão é devida a um problema pendente a ser resolvido com o titular dos direitos das histórias”, consta o comunicado.

Recentemente, o SBT exibia Chaves em dois horários por semana: às 4h da manhã de sábado e às 9h30 de domingo. “O SBT lamenta a decisão, principalmente em respeito ao seu público, que acompanha fielmente os seriados há tantos anos na emissora. A emissora continua na torcida para um acordo entre as duas empresas mexicanas o mais rápido possível e, se isto acontecer, teremos o prazer de informar aos fãs de Chaves, Chapolin e Chespirito, imediatamente”, finaliza.

Fonte: Correio Braziliense
postado em 31/07/2020 17:30 / atualizado em 31/07/2020 17:30

Continue lendo

Destaques