Home > Polícia > Polícia prende três suspeitos de homicídio no bairro dos estados em Patos

Polícia prende três suspeitos de homicídio no bairro dos estados em Patos

As prisões aconteceram em cumprimento de mandado de busca e apreensão, da Delegacia de Homicídio de Patos em parceria com o Serviço de Inteligência da Polícia Militar. Os três suspeitos foram presos na tarde desta terça-feira, (03/07), no Sítio Trapiá, zona rural da cidade de Patos. Eles estão sendo acusados da morte de Everaldo Targino da Silva, 43 anos, crime ocorrido no último dia 22 de maio deste ano no Bairro dos Estados, zona norte da cidade de Patos.

Foram presos, Floriano da Silva Costa, 24 anos, Lucas Matheus Moreira, 24 anos, e Benilson Pereira da Costa, 18 anos. Com eles foram apreendidas duas espingardas tipo soca-soca na residência de Benilson. Já na casa do pai de Floriano foi apreendido um revólver calibre 38, e ele foi atuado por porte ilegal de arma.

A polícia acredita que esse revólver teria sido utilizado para cometer o crime, a arma será periciada.

“O filho pegou a arma do pai sem que ele percebesse e passou para os dois suspeitos, dar andamento no crime”, disse o delegado Diego Beltrão.

O delegado disse ainda que a motivação do crime se deu por conta de uma dívida que Lucas.

A polícia continua com as investigações e outras pessoas ainda podem ser indiciadas. Os suspeitos foram levados para a Central da Polícia Civil e serão encaminhados ao Presídio Romero Nóbrega onde ficarão à disposição da justiça.

De olho No Sertão

Sobre Francisco Marcos Ferreira

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Homem é assassinado com um tiro na cabeça, em Santana de Mangueira

Um homem, identificado como João Galdino da Silva Neto, mais conhecido como ”João de Hernandes”, de 46 anos de idade, ...