Home Esportes Em jogo de duas viradas, Santos vence o Flamengo no Pacaembu.

Em jogo de duas viradas, Santos vence o Flamengo no Pacaembu.

0
103

Após o confronto pela Copa do Brasil, Santos e Flamengo voltaram a se enfrentaram dessa vez pelo Campeonato Brasileiro. O Peixe mandou a partida no Pacaembu, onde não perdia há 22 jogos. A invencibilidade quase acabou, mas em uma virada relâmpago, o Peixe venceu por 3 a 2.

O primeiro tempo foi bem movimentado e com boas chances de gols, mas ninguém conseguiu marcar. O Flamengo ganhou uma preocupação aos 27 minutos, quando Guerrero sentiu a coxa e teve que ser substituído por Felipe Vizeu, que acertou a trave em uma chance.

A segunda etapa guardou as maiores emoções. Apesar de um primeiro tempo melhor do Flamengo, o Santos abriu o placar logo aos oito minutos com Bruno Henrique, que aproveitou o rebote de chute de Ricardo Oliveira para abrir o placar.

Mas o Flamengo respondeu rápido e conseguiu o empate aos 11 minutos. Everton Ribeiro recebeu na entrada da área, se livrou da marcação e chutou cruzado, Vanderlei, que faz um grande campeonato, não conseguiu evitar o gol.

O jogo ganhou em emoção e o Flamengo foi para cima, dominando o Santos, que ficxou encurralado. Aos 21 minutos os visitantes chegaram a virada. Willian Arão deu lindo passe para Vizeu, que ficou na cara do goleiro e não desperdiçou.

Mas o Flamengo se complicou aos 28 minutos quando perdeu Rodinei expulso após levar o segundo cartão amarelo por falta em Jean Mota. Com um homem a mais, o Santos foi para o tudo ou nada, e conseguiu o gol de empate aos 40 minutos. Alison recebeu, girou e arriscou de muito longe, marcando um golaço.

O Flamengo ainda chegou a balançar a rede pouco depois, mas a arbitragem assinalou o impedimento do ataque rubro-negro. No lance seguinte, Ricardo Oliveira, livre no meio da área, cabeceou para dar números finais ao jogo. O Peixe ainda teve David Braz expulso no finzinho do jogo, mas o placar já estava determinado.

F: Band.com.br

Veja Também

Tribunal marca data de julgamento que pode tornar Lula inelegível.

O TRF-4 (Tribunal Regional Federal da 4ª Região) marcou nesta terça-feira (12) o julgament…