Home > Política > General não aceita nome indicado por Moro para Segurança Pública

General não aceita nome indicado por Moro para Segurança Pública

O secretário Nacional de Segurança Pública, general Guilherme Teophilo, rejeitou a indicação de Sergio Moro para a coordenação da área de estatística do órgão.

O ministro da Justiça havia sugerido o economista Cristiano Oliveira para assumir o setor, mas o secretário militar decidiu escalar outro nome para o cargo.

Especialistas em segurança pública ouvidos pela coluna “Painel”, da Folha, lamentaram o episódio e disseram que a pasta perde um doutor em economia do crime e temem que o ex-juiz federal perca espaço para os militares no Ministério da Justiça.

Na última segunda-feira (21), Cristiano Oliveira foi às redes sociais para agradecer a indicação de Moro. “O Secretário Nacional de Segurança Pública escolheu outra pessoa, um militar, para coordenar a área de estatísticas. Sou grato ao ministro Sergio Moro pelo convite e a todos amigos pelas mensagens”. Procurado, Teophilo não comentou.

POR NOTÍCIAS AO MINUTO

Sobre Francisco Marcos

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Em Brasília, Wilson Filho acompanha João Azevêdo em reunião com deputados federais.

Apesar da pausa nas atividades da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), o trabalho não acaba para o deputado estadual Wilson ...