Home > Política > Cássio culpa Lula e Dilma pela sua derrota para o Senado

Cássio culpa Lula e Dilma pela sua derrota para o Senado

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) apontou algumas razões para o seu insucesso nas eleições deste ano. O tucano buscou a reeleição ao cargo no Senado Federal, porém ficou apenas em 4º em um pleito que elegeu dois senadores: Veneziano Vital do Rêgo (PSB) e Daniella Ribeiro (PP).

Para Cássio, a principal razão foi ter se identificado em uma postura de antagonismo aos ex-presidentes Lula e Dilma, além do próprio PT.

“Na Paraíba, como o Nordeste, a maioria esmagadora do eleitorado esteve ligado ao PT, ao ex-presidente Lula, à ex-presidente Dilma e eu sempre achei que o impeachment ocorreu por razões justas e corretas e que não dá pra você aliviar com relação à constituição”, afirmou.
“Fiquei visto como alguém que enfrentou o PT e enfrentou Dilma e parte esmagadora do eleitorado da Paraíba tem vinculações ou simpatias com esse período do governo e paguei o preço de deixar de representar”, prosseguiu.

O parlamentar citou ainda a eleição de dois votos para senador como uma das causas da sua derrota. Ele citou que teve uma votação semelhante à de Maranhão em 2014, quando o emedebista foi eleito para o cargo. De acordo com Cássio, Daniella Ribeiro teria entrado no segundo voto de Veneziano, Luiz Couto e até Roberto Paulino, ao passo em que ele teria sido “rejeitado” como segundo voto dos outros candidatos.

“Eleição de dois votos é um paradoxo. Você é muitas vezes é derrotado pelo próprio eleitor. Se fosse eleitor de um voto só… Eu obteve quase a mesma votação de Maranhão em 2014 e ele foi eleito. A votação é praticamente a mesma, só que como você vota duas vezes, o que acontece: o primeiro voto era mais forte e o meu segundo voto não tinha tanta força”, justificou.

Paraiba Já

Sobre Francisco Marcos

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Prefeito de São João do Rio do Peixe anuncia previsão de gasto de R$ 2,447 milhões com combustíveis

Em São João do Rio do Peixe, o Prefeito Airton Pires anuncia previsão de gasto em combustíveis para o exercício ...