Home > Destaque > Em S. João do Rio do Peixe, mãe de dez filhos chora pedindo ajuda: “Estamos morrendo de fome”

Em S. João do Rio do Peixe, mãe de dez filhos chora pedindo ajuda: “Estamos morrendo de fome”

Na cidade São João do Rio do Peixe, uma família composta por 10 pessoas está passando extrema necessidade. Eles moram em uma pequena casa na zona rural da cidade, que não possui portas ou janelas. Duas pessoas da família recebem benefícios, mas ainda é muito pouco para o sustento. No local onde moram não possuem banheiro, não têm comida ou botijão de gás. Eles usam a água de um poço que fica distante do local onde moram, para beber, tomarem banho e lavar as roupas.

Dona Josélia, mãe de dez filhos, relata problemas de colesterol, asma e diabetes, mas ainda assim procura um emprego digno para que possa ajudar a sustentar sua família.
“Pode ser faxinando em uma casa, qualquer coisa para que eu não precise estar pedindo nada a ninguém”, disse Josélia.

Genival, marido de Josélia, é aposentado e diz que a prefeitura prestou ajuda à eles durante oito anos, depois disso não ajudaram em mais nada.
“Até as portas que eu pedi, já está com mais de quatro meses que prometeram e não apareceram ainda”, relatou Genival, que não possui condições para trabalhar. Os benefícios que eles possuem não cobrem as dívidas e necessidades que eles precisam. Qualquer ajuda será bem recebida pela família, roupas ou alimentos.
Gerlane Cabral foi quem começou esta ação, entrando em contato com a imprensa para a realização da campanha. Ela faz trabalhos voluntários e solidários fora do horário normal do seu emprego. Diz que a família pedia ajuda, enquanto as crianças passavam fome.

“Eu tenho sofrido esses dias todos com eles. Não é fácil a gente pedir e levar um não. Algumas pessoas me ajudaram com pequenas coisas. E eu estou aqui para apelar por eles”, disse.
REPORTAGEM:
 

Fonte: TV Sertão da Paraíba

Sobre Francisco Marcos

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Adolescente de 17 anos dá à luz dentro de ambulância do SAMU na cidade de Uiraúna.

Uma adolescente de 17 anos deu à luz na noite desta quinta-feira (15) dentro de uma ambulância do Serviço de Atendimento ...