Home > Polícia > Três anos de impunidade do caso Papa-mel de Cajazeiras

Três anos de impunidade do caso Papa-mel de Cajazeiras

Hoje dia 19 de setembro de 2018 mais um aniversário de impunidade, o assassinato de mãe e filho que ficou conhecido como “crime do Papa Mel”, ocorrido na zona rural de Cajazeiras, completa 03 anos sem elucidação.

Em 19 de setembro de 2015, Maria Berenice de Sá, de 54 anos, e seu filho Rafael da Silva de Sá, 22 anos, foram encontrados mortos dentro da residência da família, uma humilde casa localizada no sítio Papa Mel.

De acordo com a perícia, mãe e filho foram asfixiados e deixados em cima de uma cama cobertos por lençóis. Os indícios apontam para crime de latrocínio. No entanto, três anos depois, a polícia ainda não conseguiu localizar o principal suspeito, nem a moto que foi roubada.

F: Angelo Lima

Sobre Francisco Marcos

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.
x

Veja Também

Contador é feito refém e polícia persegue bandidos em rodovia na PB

Por volta das 10h40 da manhã desta terça-feira (16) um contador foi feito refém por pelo menos dois bandidos na ...