Header Ads

Header ADS

Acordo nacional com PSB pode rifar candidatura do PT na Paraíba



Ainda é uma dúvida o apoio do Partido dos Trabalhadores a candidatura do ex-secretário João Azevedo (PSB) ao Governo do Estado. Por um lado, petistas imploram pela vaga de senador na majoritária do socialista. Em contrapartida, outro núcleo defende o lançamento da candidatura própria nas eleições deste ano.
Segundo uma publicação no jornal o Estado de São Paulo, em sua versão online, o acordo entre PT e PSB nacionalmente pode solucionar essa questão. A proposta seria a seguinte: garantir que os ambos os partidos consigam reeleger seus governadores em Minas Gerais e Pernambuco.
Para isso, os socialistas desistiram de lançar o nome de Márcio Lacerda na disputa mineira e apoiariam à reeleição de Fernando Pimentel, atual governador pelo PT. Em Pernambuco, seria ao contrário. A petista Marília Arraes abriria mão da candidatura e apoiaria o desejo de Paulo Câmara continuar no comando do estado. Neste acordo estaria a Paraíba, onde o PT desistiria da ideia de ter um candidato ao governo e fecharia apoio ao nome de João Azevêdo.
Confira a nota:
PT e PSB negociam acordos regionais para tentar garantir a reeleição dos seus governadores em Minas e Pernambuco. O pacto passa pelo PSB desistir de lançar a candidatura de Marcio Lacerda ao governo mineiro para apoiar o petista Fernando Pimentel. Em troca, o PT abriria mão de disputar os governos de Pernambuco e da Paraíba. Nesses Estados, o partido apoiaria a reeleição do governador Paulo Câmara e de João Azevêdo, respectivamente, ambos do PSB. Para isso, o PT limaria a candidatura de Marília Arraes e não lançaria nome próprio na PB.
MaisPB 

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.