Senador diz que é preciso se preocupar com a economia do país ao invés de pedirem a renúncia de Temer


O senador Raimundo Lira (PMDB) reconhece o cenário de insatisfação dos brasileiros para com o presidente da República, mas ressalta que não se pode querer afastar Michel Temer (PMDB) por conta da crise política no país. A impopularidade de Temer já chega a 69% e apenas 7% dos brasileiros consideram seu governo como ótimo ou bom, segundo pesquisa do Instituto Datafolha.

Lira explica que o afastamento do presidente tem que se uma decisão pessoal e que não se pode querer a renúncia de alguém sem julgamento dos fatos. “No primeiro momento, algumas pessoas estão pedindo a renúncia do presidente, agora, o importante é que essa questão seja resolvida pelo presidente da República porque a renúncia é uma questão pessoal. Você não pode pedir a renúncia de um presidente como não pode pedir a de um governador e de um prefeito porque é uma vontade exclusivamente pessoal. Não podemos fazer um julgamento prévio sem que haja uma decisão do Supremo Tribunal Federa”.

O peemedebista afirma que entende o posicionamento da população, mas que o afastamento do presidente não pode ser a preocupação do país. “Nós todos estamos torcendo que essa situação seja amenizada porque essa crise política está indiscutivelmente prejudicando a retomada do crescimento econômico e o fato mais importante que temos hoje no país é essa retomada”.

Sobre a situação do seu partido, o senador diz que o grupo passar pelas mesmas circunstâncias e questionamentos que os brasileiros. “O PMDB está na mesma situação que está a opinião pública brasileira, sofrendo e estarrecido com toda essa crise política e econômica”.

Fonte: Blog do Gordinho

Share this:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by OddThemes & Distributed by Blogger Templates