Macron recebe Trump em Paris e diz que relação é 'óbvia e indispensável

                                                                        Michel Euler/Associated Press
Trump cumprimenta a primeira-dama francesa, Brigitte, enquanto Macron beija Melania, ao fundo, em Paris

O presidente francês, Emmanuel Macron, afirmou nesta quinta-feira (13) que é "óbvio e indispensável" ter relações com o presidente americano, Donald Trump, que será recebido por Macron nesta quinta e sexta (14).
O líder francês falou à imprensa logo após conversar com a chanceler alemã, Angela Merkel, que também está em Paris e, como Macron, criticou a decisão de Trump de retirar os EUA do Acordo de Paris sobre o clima.

"Convidei o presidente Trump e me surpreende que isso desperte tantos debates e críticas", disse Macron. Depois que o americano anunciou a saída do pacto climático, o presidente francês lançou uma iniciativa para reforçar a liderança de Paris no terreno do combate às mudanças climáticas.

"Tenho um desacordo grande com o presidente Trump, todos sabem. (...) É sobre o clima. E isso foi dito a ele cara a cara e em reuniões de trabalho", lembrou o francês. À época do anúncio de Trump, Macron pediu aos EUA que não cometessem "um erro com o clima. Não há plano B porque não há planeta B".

Trump chegou a Paris nesta quinta-feira com a mulher, Melania. Ele planeja participar das celebrações da Queda da Bastilha, principal feriado francês, nesta sexta-feira, além de comemorar os 100 anos da entrada dos EUA na Primeira Guerra Mundial, antes de retornar a Washington.

F: Folha de São Paulo

Share this:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by OddThemes & Distributed by Blogger Templates