NUDES DE PÂMELA: Ricardo processa Pâmela Bório por citá-lo em vazamento


Ações acusam a ex-primeira-dama de “crimes contra a honra” contra o gestor
Ricardo Coutinho é citado por Pâmela Bório em acusações sobre a possível origem das fotos íntimas vazadas na internet.

O governador Ricardo Coutinho (PSB) protocola na tarde desta quarta-feira (28) mais uma ação contra a ex-primeira-dama Pâmela Bório. A jornalista teve fotos íntimas vazadas nesta semana na internet e utilizou as redes sociais para apontar o ex-marido como suspeito. Nas postagens, ela dá duas versões para o acesso criminoso às “nudes”.

Diz que teve o celular hackeado entre 2013 e 2014, de onde pode ter vindo as imagens, e que teve um celular tomado por pessoas próximas ao governador em outra oportunidade. A ação movida pelo governador pede a condenação da jornalista por prática de “crime contra a honra”.

“Quem não lembra daquele fatídico 7 de setembro de 2015 quando o governador mandou me sequestrar para ser levada à Granja, quando fui agredida na frente do meu filho e tive o meu celular roubado? Para quê ele queria o meu iPhone, tirado violentamente das minhas mãos??? Será se os bandidos que roubaram meu aparelho novo em outubro de 2016 não foram enviados para forjar uma justificativa para tal vazamento intencional?

Na época, o próprio cunhado do Ricardo Coutinho, Robert Sabino, me revelou que tudo já estava premeditado”, disse Pâmela Bório no seu perfil em uma rede social.

Em outra postagem, a jornalista alega que registrou um Boletim de Ocorrência em 2014. Nesta segunda postagem, ela diz que era monitorada quando morava na Granja Santana. Alega que até o telefone fixo dela era grampeado. “No meu post anterior, eu também revelo o BO na DEAM (Delegacia da Mulher) onde registro a denúncia de que, na campanha de 2014, entre tantas ameaças que recebi da corja, estavam essas fotos que, “coincidentemente”, foram jogadas na rede após eu ter tornado público o flagra dos maus tratos sofrido pelo meu filho na semana passada.

Não se trata de montagem, nem de vazamento despretensioso de fotos íntimas de um casal, mas atribuo a responsabilidade aos meus algozes de sempre”, acrescenta.

O advogado Sheyner Asfora revelou que a orientação do governador tem sido protocolar uma ação para cada postagem na qual ele tenha a honra atingida. Ressaltou ainda a postura combativa de Pâmela Bório nas redes sociais, mesmo descumprindo ordem judicial.

O embate foi intensificado desde o fim da semana. “Daremos a oportunidade para que ela apresente as provas que diz ter contra o governador na Justiça. Ela faz acusações inverídicas e nunca apresenta provas. Terá a oportunidade de fazê-lo”, ressalta. E acrescenta: “Não se trata de perseguição. Na verdade, diante dos fatos, fica claro que é ele quem está sendo perseguido”.

Fonte: Polêmica Paraíba

Share this:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by OddThemes & Distributed by Blogger Templates