Lula "tinha pleno conhecimento de tudo e detinha o comando", diz ex-diretor sobre corrupção na Petrobras


O ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque afirmou nesta sexta-feira (5) ao juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal de Curitiba, que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva sabia do esquema de corrupção que existia na petroleira (assista ao vídeo abaixo).

Com base em três encontros que teve com o petista, após sua saída da Petrobras, sendo a última reunião no aeroporto de Congonhas, em São Paulo, em 2014, Duque disse que essa situação de comando de Lula sobre o esquema estava claro.

— Ficou claro, muito claro para mim, que ele [Lula] tinha pleno conhecimento de tudo e detinha o comando.

Segundo o ex-executivo da Petrobras, Lula determinou, nesta última reunião em 2014 e, portanto, com a Operação Lava Jato em curso, que ele eliminasse contas na Suíça, supostamente utilizadas para recebimento de dinheiro desviado da petroleira.

Essas contas poderiam, portanto, conter vestígios de recebimento de propina no exterior — o que seria um complicador para o ex-presidente e o PT nas investigações.

Duque relatou que, no último encontro, "já com a Lava Jato em andamento, [...] no hangar da TAM no aeroporto de Congonhas", Lula teria dito que a então presidente Dilma Rousseff estava preocupada com o andamento da operação. Por isso, o petista teria questionado Duque sobre as contas na Suíça.

— No último encontro, [...] ele me pergunta se eu tinha uma conta na Suíça com recebimentos da empresa SBM [empresa holandesa especializada na fabricação de plataformas de petróleo], dizendo que a então presidente Dilma tinha recebido a informação de que um ex-diretor da Petrobras tinha recebido dinheiro em uma conta da Suíça da SBM. Disse que não, que nunca tinha recebido dinheiro da SBM. Aí, ele vira para mim e fala assim: "E das sondas, têm alguma coisa?" Tinha. [Mas] Eu falei : “Não tem”. Aí ele falou: "Olha, presta atenção no que eu vou te dizer: se tiver alguma coisa, não pode ter. Entendeu? Não pode ter nada no teu nome, entendeu?"'.

Duque disse que ter compreendido o recado do ex-presidente, mas explicou a Moro: "Eu entendi, mas o que eu ia fazer? Não tinha mais o que fazer". De acordo com o ex-executivo da petroleira, Lula teria dito que iria "conversar com a Dilma, porque ela estava preocupada com esse assunto [Lava Jato] e queria tranquilizá-la". 


Duque depõe a Moro por thevideos11

Fonte: R7

Share this:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by OddThemes & Distributed by Blogger Templates