Header Ads

Header ADS

Luiz Couto protesta contra manobras de golpistas para agilizar Reforma Trabalhista


Artimanhas e manobras foram as marcas que a base do governo ilegítimo de Michel Temer cunhou, mais uma vez, na imagem do parlamento brasileiro, nesta quarta-feira (19), ao recolocar em votação o requerimento de urgência para votação da proposta da Reforma Trabalhista (6787/16), derrotada na noite anterior. A manobra dos golpistas, tendo à frente o presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia (DEM-RS), foi duramente criticada por parlamentares da bancada do PT, na tribuna da Câmara.

“É uma vergonha para este Congresso, para este Parlamento, o desrespeito àquilo que foi decidido no dia anterior e, ontem, vem outra votação daquela situação. Eu vou agora obstruir, a todo o momento, em cada comissão em que eu estiver. E vou obstruir também nesta Casa. Não dá para aceitarmos isso sem reação”, desabafou o deputado Luiz Couto (PT-PB).

Luiz Couto ainda criticou a forma como o presidente da Casa conduz os trabalhos. “O nosso presidente parece mais um Líder do Governo do que Presidente da Câmara dos Deputados”, alfinetou.

O parlamentar paraibano reforçou seu entendimento de que a reforma trabalhista é uma destruição da CLT e dos direitos dos trabalhadores. “Não podemos aceitar esta ação do Governo. Vamos lutar para derrotar essa reforma trabalhista e também para derrotar essa PEC da Previdência, que é o desmonte da Previdência, a destruição da previdência pública brasileira”, garantiu Couto.

Fonte: Radar Sertanejo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.