RC admite permanecer no mandato até o final de 2018 e garante que seu grupo chegará forte nas próximas eleições

O governador Ricardo Coutinho (PSB) admitiu nesta segunda-feira (10) permanecer no governo até o final do mandato em 2018. O socialista garantiu que, no momento oportuno, o seu partido irá apresentar o nome que dará continuidade ao projeto implantado no estado pelo PSB. Ele ainda afirmou que seu grupo não chegará fragilizado no próximo pleito.


“Eu, na verdade, não estou pensando em muita coisa para mim. Eu jogo onde for melhor para o time. Se acharem que eu devo ficar até o final da gestão, é claro que eu fico, eu não tenho problema com essa questão. No tempo oportuno, o governo mostrará o nome que haverá de suceder e conduzir a continuidade dessa política que muda a Paraíba”, declarou.
O chefe do executivo estadual também garantiu que seu grupo não chegará frágil no pleito de 2018, como pregam alguns adversários políticos.

“Alguns precipitados, que não puderam subir em palanques nas eleições porque eram rechaçados até por candidatos do próprio partido, acham que o governo que eu represento chegará frágil nas eleições. Eu quero apenas lembrar que tem 2.500 Km de estradas construídas, 1.100 Km de adutoras, um governo que abriu 10 hospitais e vai abrir mais três, um governo que produziu isso jamais chegará frágil. A política do tapinha nas costas, apesar de aparentar em alguns casos estar ressuscitando, eu acho que está enterrada. Até aqueles que se elegeram em função disso haverão de, em pouco tempo, mudar a estratégia”, observou.

Ele ainda destacou que o crescimento do PSB nas eleições deste ano e comemorou as filiações de prefeitos eleitos ao seu partido.

“A tendência é essa. Não é só um momento de reencontro, tivemos uma campanha muito difícil para todo mundo, mas o PSB foi o partido que teve mais votos para prefeito, disparadamente, o segundo colocado foi o PSDB. Nós elegemos mais de 100 vereadores em relação ao segundo colocado que é o PMDB. Os nossos aliados, disparadamente, tiveram muito mais votos. É um resultado que estamos celebrando e ajustando, que é o principal, dar conta do recado. O PSB é um partido estadualizado, não estamos numa cidade ou noutra, estamos pelo estado afora com gestões diferenciadas e com uma forma de governar que precisa ser preservada e é isso que estamos articulando e fortalecendo”, explicou.

Fonte: Blog do Gordinho

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias