Reservatório de cidade do Sertão só terá água para abastecer por mais 15 dias


Boa parcela do desenvolvimento que se vê hoje em São José de Piranhas se deve a transposição do Rio São Francisco o fato de uma barragem da obra ficar mesmo no centro da cidade trouxe muita expectativa aos moradores daquela localidade que pensou que nunca mais ia sofrer com a falta de água.
A obra de transposição iniciada em 2007 tinha prazo original de entrega em 2012, mas, outro período de estiagem chegou primeiro que a conclusão da obra.
Nunca se viu o açude de São José com um volume de água tão baixo, segundo estimativas da Cagepa a água só é suficiente para abastecer a cidade de São José de Piranhas pelos próximos quinze dias.
Como medida emergencial o Governo do Estado da Paraíba e a prefeitura perfuraram dez poços para a instalação de chafarizes, porém a medida não é suficiente para atender a uma população de cerca de 18 mil habitantes.
A população está comprando água e aqueles que não dispõem de dinheiro depende da solidariedade de vizinhos que disponibilizam água de poços particulares.
De acordo com a Cagepa a solução para resolver o problema de abastecimento no município é chuva ou a conclusão da transposição.
De acordo com a assessoria de comunicação do Ministério da Integração Nacional de Brasília a previsão para conclusão da obra será entre os meses de Dezembro de 2016 e Janeiro de 2017.
DIÁRIO DO SERTÃO

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias