Manoel Jr aprova veto para Estado controlar obras contra a seca


O deputado federal e candidato a vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Junior (PMDB), avaliou de forma positiva, nesta sexta-feira (19), a medida do presidente em exercício Michel Temer (PMDB), que retirou dos governadores do Nordeste a execução de obras destinadas ao combate à seca para transferi-la ao Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs).
Manoel Junior afirmou que os governos estaduais “politizam” a execução dos recursos. “Quando o governo federal manda dinheiro, eles só gastam nos municípios que eles têm interesse”, enfatizou.  Ele disse também que a mudança vai contribuir para revalorizar o DNOCS.
A decisão ocorreu após uma reunião no Palácio do Jaburu, no domingo (14), entre Temer e o ministro da Integração Nacional, Helder Barbalho. A medida reverte um acordo feito pela presidente afastada Dilma Rousseff de que caberia aos governadores a gestão desses recursos.
Segundo o Ministério da Integração Nacional, a decisão de transferir a gestão dos recursos se deu porque, na avaliação do governo, o Dnocs é o órgão que tem “anos de experiência em obras contra a seca”. “A expertise do Dnocs está acima de qualquer questionamento. É o órgão que tem mais know-how e especialização em obras emergenciais de seca”, disse o ministro, por meio de sua assessoria.
MaisPB

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias