Maior açude do Sertão está em total colapso: ANA restringe consumo de água

O maior açude do estado, localizado na cidade de Coremas, sertão da Paraíba está muito abaixo de sua capacidade.

Ao chegar em estado crítico, o abastecimento de água na cidade está cada vez mais escasso e o uso do precioso líquido está proibido pela ANA (Agência Nacional das Águas) para agricultores e pescadores da região para irrigação e criação de peixes.
O reservatório faz parte do complexo Coremas – Mãe D’Água, formado por dois açudes, e é responsável pelo abastecimento de aproximadamente 300.000 habitantes na Paraíba e 100.000 habitantes no Rio Grande do Norte.
Segundo a ANA, o uso da pouca água que ainda resta no manancial está restrito apenas para o consumo da população até que o seu nível se regularize.
A filiada da globo na Paraíba, acompanhou de perto a luta de quem tira das águas a sua sobrevivência. Em entrevista, o pescador local Valdomiro Januário e o agricultor Francisco Pereira disseram que tiravam o seu sustento da pesca e no plantio de bananas, e hoje o que lucra mal dá para comer: “Eu saí às quatro da madrugada, venho chegando agora com dois peixes”, lamenta o senhor Valdomiro.
Segundo a Associação de Pescadores e Aquicultores de Coremas, a produção no município já chegou a 40 toneladas mensais, mas devido a crise hídrica, hoje não se produz 10% disso.
O açude de Coremas é o maior do estado e conta com a capacidade de armazenamento de quase 600 milhões m³ de água, e hoje sobrevive com apenas 38 milhões, 6,5% da capacidade total.
Diario do Sertão

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias