Homem que foi espancado durante assalto não resiste aos ferimentos e vem a óbito na manhã de hoje


O popular José Alves Moura, de 39 anos que foi vítima de um assalto no Conjunto da CEHAP não resistiu a gravidade dos ferimentos e faleceu na manhã de hoje na cidade de Campina Grande de acordo com informações de familiares, José Alves teve afundamento de crânio de acordo com informações da equipe médica.

Até o presente momento o acusado do espancamento contra o senhor José Alves não foi preso, a Polícia Civil continua com as investigações com o intuito de localizar e prender Ronilson Medeiros da Silva, que está sendo acusado de praticar o crime.


Relembre o Caso:

Por volta das 4h30 da manhã deste sábado (9), o COPOM do 14º BPM recebeu uma ligação informando de um assalto ocorrido no Conjunto da CEHAP. Imediatamente uma guanição comandada pelo Cabo G. Mendes compareceu ao citado local e constatou a veracidade do fato.

De acordo com informações, o senhor José Alves Moura de 39 anos, estava bebendo em companhia de Ronilson Medeiros da Silva em um bar quando em determinado momento Ronilson roubou uma bicicleta e uma certa quantia em dinheiro e lhe agrediu com diversos murros na cabeça.

O SAMU foi acionado para prestar socorro à vítima e posteriormente conduziu o mesmo para o Hospital Regional de Sousa, onde segundo informações José Alves ficou gravemente ferido e corre risco de morte. Rondas foram realizadas mas até o presente momento o acusado não foi localizado.

Da Redação, Raphael Neves Sertão Informado

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias