Operação Andaime – Empresário Marinho foi condenado a uma pena de oito anos e seis meses de reclusão no processo em que foi denunciado por obstrução as investigações



O empresário cajazeirense Mário Messias Filho, que foi candidato a prefeito de Cajazeiras nas eleições de 2008 pelo grupo político liderado pelo ex-prefeito Carlos Antônio e tido como um dos principais membros da organização criminosa apontada na operação andaime, teve a sua primeira condenação em uma das ações que responde na Justiça Federal. Marinho foi condenado a uma pena de oito anos e seis meses de reclusão, em regime fechado, além de uma multa equivalente a 194 dias/multa, sendo cada dia no valor de meio salário mínimo.

A condenação de Marinho se refere a ação que responde na justiça, pela denúncia ofertada pelo MPF relativa a atos de obstrução das investigações da operação andaime, consistente em um bilhete encaminhado ao empresário Francisco Justino do Nascimento – (que se encontrava preso na ocasião), bem como investidas para que Justino, na condição de colaborador da Justiça, não delatasse o esquema criminoso que atuava em Cajazeiras e outros municípios do alto sertão.

A sentença que condenou Marinho foi do juiz da 8ª vara Federal de Sousa, Rafael Chaleire do Rêgo Barros, datada do dia 27 de junho e disponibilizada, nesta quarta-feira (29), para conhecimento público.


Blog do Adjamiltom

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias