BR 434 PASSA POR CONCERTO PELA TERCEIRA VEZ EM MENOS DE UM ANO APÓS SUA CONCLUSÃO


Mal terminaram de construir, logo em seguida apareceram vários buracos e a necessidade de se realizar reparos. Uma obra considerada um sonho para as cidades de Joca Claudino, Bernardino Batista e Poço Dantas e que custou mais de 24 milhões aos cofres da união – teria sido construída com material de baixa qualidade?
Os questionamentos surgem principalmente depois de está sendo realizada a terceira operação tapa buraco em menos de ano após a inauguração da BR 434. O fato gera ainda especulações, devido em alguns pontos, os mesmo buracos estarem sendo concertado pela terceira vez.
Se compararmos a construção da BR 434 com diversas outras obras de pavimentação da nossa região, ficam claro que a referida BR tem apresentado uma duração bem inferior as demais. O fato de o desgaste acontecer mesmo em um período de escassez de chuvas também deve ser levado em conta, às poucas chuvas que causaram os estragos despertam também a curiosidade quanto ao trabalho de drenagem e preparação do solo, uma vez que além dos buracos em diversos pontos da rodovia, houve também um caso de erosão do solo na altura do contorno que dar acesso a cidade de Joca Claudino.
Resta saber se as autoridades competentes a exemplo do próprio DNIT, pretendem tomar alguma providencia quanto ao caso, ou deixaram que novíssima BR com cara de velha, ganhe tons de uma coxa de retalhos.
Da Redação do PB Alerta / Foto:Ilustrativa

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias