Preocupante: Cemitério de Uiraúna pode manter focos do Aedes aegypti. Confira


A cada dia preocupa mais o problema das doenças causadas pelo mosquito Aedes Aegypti. Uiraúna vive um drama com muitos casos de dengue, Zika e Chikungunya. As casas de saúde locais estão lotadas de pacientes, sem contar com as pessoas que adoecem e ficam em casa.

Uma das principais preocupações da Secretaria Municipal de Saúde é o grande número de focos, ou criadouros do mosquito. Dentre outros locais que mantém reservatórios de água a céu aberto, um deles é o cemitério, nele existem covas, túmulos e outros locais onde se pode ver reservatórios com água limpa e parada.

O Portal COFEMAC esteve no cemitério Campo Santo Jesus, Maria e José na manhã dessa terça-feira 12 de abril. O local encontra-se muito bem cuidado e limpo. Mas em alguns túmulos e covas encontramos jarros de flores e outros recipientes com água parada.

O diretor do cemitério, Clóvis estava no local; ele disse que está sendo feito um trabalho de limpeza constante para retirar recipientes do chão que possam se transformar em criadouros de mosquitos. Quanto aos túmulos e covas, ele argumentou que não há condições de fazer a retirada de recipientes como jarros de flores. Segundo ele, é preciso que as próprias famílias façam a limpeza dos locais e retirem a água parada. “Basta abrir alguns furos na parte debaixo das jarros, para que a água não fique acumulada.” Disse ele.

A Prefeitura está realizando nesta semana uma campanha em vários bairros da cidade para combater o foco do mosquito. A título de sugestão, aproveitando-se essa campanha, deveria fazer um arrastão no cemitério para verificar esse problema. As escolas municipais e estaduais também poderiam ver a possibilidade de ajudar na erradicação dos focos dentro do cemitério. Infelizmente ainda existe um tabu quanto a esse local para algumas pessoas.

cemiterio-cofemac008
cemiterio-cofemac018
cemiterio-cofemac031
cemiterio-cofemac043

F: Cofemac

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias