Em entrevista à Rádio Senado, Lira diz que adotará “isenção e imparcialidade” na condução da Comissão do Impeachment


Em entrevista à Rádio Senado, Lira diz que adotará “isenção e imparcialidade” na condução da Comissão do Impeachment



O senador Raimundo Lira (PMDB-PB) disse, em entrevista à Rádio Senado, que se considera preparado para atuar como presidente da Comissão Especial do Impeachment, por ser disciplinado e ter experiência no trabalho de condução de comissões. O senador tem formação como economista e disse que tem estudado com afinco o Regimento Interno do Senado, para poder aplicar com segurança os preceitos.



Eleito por aclamação nesta terça-feira (26) presidente da Comissão Especial de Impeachment, Raimundo Lira garantiu que vai atuar com a isenção que a função demanda. Ele reiterou que adotará uma forma isenta e imparcial para conduzir os trabalhos da comissão.



“A partir da indicação para a comissão especial tenho de ter posição de total isenção. Não posso fazer nenhuma manifestação sobre ser a favor ou contra o impeachment, porque perderia a condição para conduzir com total imparcialidade a comissão”, disse Raimundo Lira.



Durante a reunião de instalação da comissão especial, os integrantes aprovaram o calendário que prevê a apresentação do relatório no dia 4 de maio e a votação do texto em 6 de maio. Nesta quinta-feira (28), será ouvida a acusação. Na sexta-feira (29), ouve-se a defesa da presidente.



Em discurso de posse, Raimundo Lira agradeceu a confiança dos demais senadores e pediu a todos tranquilidade ao longo do trabalho na comissão. Lira é um dos quatro senadores a participar pela segunda vez de um processo de impeachment.



Eis o cronograma da Comissão:



28/4: Oitiva dos denunciantes

29/4: Oitiva da defesa da presidente Dilma

4/5: Apresentação do relatório do relator Antonio Anastasia

6/5: Votação do relatório



Assessoria de Imprensa

Gabinete do Senador Raimundo Lira – PMDB/PB

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias