Campinense perde para o Santa Cruz, em Recife


Pela segunda vez consecutiva nesta Copa do Nordeste o Campinense sofreu uma derrota de um clube pernambucano após levar um gol no último lance da partida. Tal como nas semifinais, quando foi derrotado pelo Sport no jogo de ida após um gol aos 50 minutos do segundo, nesta quarta-feira a história se repetiu com o Santa Cruz, com um gol sofrido aos 47. Mas se naquela oportunidade a Raposa disse que não se abalava, ao menos no discurso a postura é a mesma. E logo depois do jogo o clube tratou de unificar o discurso dizendo que a crença no título segue inabalável.

Autor do gol raposeiro na derrota por 2 a 1, no Estádio do Arruda, Tiago Sala disse que o gol sofrido no último minuto não teve o poder de tirar a esperança dos jogadores raposeiros na conquista do bicampeonato da Copa do Nordeste.
Ele explicou que o placar é completamente reversível e que a Raposa tem plenas condições de fazer o resultado que precisa no jogo marcado para o Estádio Amigão.
- A gente demonstrou que pode jogar de igual para igual com o Santa Cruz e o resultado mais justo seria o empate. Mas vamos esquecer isto. E vamos jogar em casa com a certeza de que esse gol marcado aqui foi importante. Temos totais condições de conquistar o título - comentou o zagueiro da Raposa.
Com o placar adverso de 2 a 1, o Campinense, para conquistar o seu segundo título regional, precisa de uma vitória simples, por 1 a 0, para ser campeão. Claro que uma vitória mais ampla também dá o título ao time paraibano, mas a Raposa tem que evitar levar gols.
Um 2 a 1 para o Campinense leva a disputa para os pênaltis. E se o Santa por acaso marcar dois gols, o placar de apenas um gol de diferença para o Campinense não seria suficiente. A partida decisiva está marcada para as 16h de domingo, no Estádio Amigão.

Globo Esporte

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias