Tenente PM morre baleado em tiroteio em Joao Pessoa.

Um tenente da Polícia Militar, de 33 anos, morreu após ser baleado nas costas no inicio da noite desta quinta-feira (4) em Mangabeira, na Zona Sul de João Pessoa. De acordo com informações  da Secretaria de Segurança e Defesa Social do Estado (Seds), o militar foi baleado nas costas e não resistiu.
O militar foi socorrido e levado para o Complexo Hospitalar Governador Tarcísio Burity, conhecido como Ortotrauma de Mangabeira, mas não resistiu e morreu. De acordo com o coronel Senna, comandante do 5º Batalhão de Polícia Militar, o tenente vítima dos disparos de arma de fogo, estava em uma averiguação em um conjunto habitacional, no Bairro de Mangabeira VIII.
Segundo o militar, o alvo das investigações seria um rapaz, filho de outro policial militar, que estava sendo investigado por porte ilegal de armas. Durante a averiguação, houve uma troca de tiros e o tenente foi baleado.
O policial militar pai do jovem que estava sendo investigado foi detido e levado para a Central de Polícia Civil de João Pessoa, onde será ouvido pelo delegado plantonista. O corpo do policial assassinado foi levado para a Gerência Execitiva de Medicina e Odontologia Legal (Gemol) de João Pessoa, e ainda nesta quinta deve ser liberado.
A reportagem ainda procurou a assessoria de imprensa da Polícia Militar para obter mais informações sobre o caso e saber se mais algum suspeito foi preso, mas até as 20h50 (horário local) a assessoria, que estava com familiares das vítimas preferiu não dar informações sobre o fato.
SUSPEITOS PRESOS
Três homens foram presos pela Polícia suspeitos de envolvimento no tiroteio em que o tenente Ulisses Costa foi morto na noite desta quinta-feira (4).
Joanderson Pereira de Souza e Jaílton Santos Pereira foram presos nas proximidades do local onde ocorreu o tiroteio, perto do conjunto Cidade Madura em Mangabeira.
Já um homem identificado como Geanderson, vulgo Bimbo, que teria sido o autor do disparo que o tenente recebeu pelas costas, foi localizado dentro de uma casa no bairro do Cidade Verde.
Os três suspeitos foram levados para a Central de Polícia, no Geisel.
O tenente da Polícia Militar, Ulisses Costa, fazia uma ronda a paisana. Ele trabalhava no setor de inteligência da Polícia Militar, e acabou entrandop em combate contra três homens, vindo a levar um tiro nas costas. Como ele estava a paisana, não usava colete a prova de balas no momento da troca de tiros.

G1




Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias