Recadastramento biométrico pode encerrar em janeiro.

urna-biometrica1234


Idosos, acima de 70 anos, e eleitores abaixo de 18, devem fazer o recadastramento, caso queiram continuar votando. Ao chegar em uma média de 80% dos eleitores cadastrados, os trabalhos serão encerrados
Numa entrevista prestada no final do ano passado, o diretor do TRE (Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba), Fábio Siqueira alertou os eleitores dos municípios que estão fazendo recadastramento biométrico da região de Sousa, para a possibilidade de o cadastramento ser encerrado nesse mês de janeiro.
No município de Sousa apenas 45,88% dos eleitores foram recadastrados até agora, faltam revisar mais de 25 mil eleitores, de um total de 47 mil. O recadastramento já atinge 65,44% em todo estado
Segundo Fábio Siqueira, caso o TRE chegue a 80% dos eleitores recadastrados, os trabalhos serão encerrados e o recadastramento será homologado.
Segundo o Portal do TRE, os eleitores acima de 70 anos, que queiram continuar votando, devem fazer o recadastramento.
VEJA O QUE DIZ O TRE SOBRE ISSO:
Quem está obrigado a comparecer à revisão do eleitorado com cadastramento biométrico?Todos os eleitores inscritos nos municípios abrangidos pela revisão com biometria, definidos pelo TRE/PB, inclusive os maiores de 70 anos e menores de 18, que desejarem continuar votando.
O representante do TRE da Paraíba prestou entrevista ao programa Radar Líder, da rádio Líder FM de Sousa.

VEJA AQUI O SITE DO TRE
VEJA AQUI O PAINEL DO RECADASTRAMENTO
ABAIXO ENTREVISTA COMPLETA COM O DIRETOR GERAL DO TRE-PB [OUVIR AQUI]
Os municípios que vão passar pelo recadastramento são: Alagoa Nova, Alcantil, Algodão de Jandaíra, Amparo, Aparecida, Araçagi, Areia de Baraúnas, Areial, Assunção, Bananeiras, Barra de Santana, Barra de São Miguel, Bayeux, Boa Ventura, Boqueirão, Borborema, Cabaceiras, Cacimba de Areia, Cacimbas, Cajazeirinhas, Camalaú, Caraúbas, Caturité, Congo, Coxixola, Cubati, Cuitegi, Curral de Cima, Curral Velho, Desterro, Diamante, Dona Inês, Esperança, Guarabira, Gurjão, Imaculada, Itaporanga, Jacaraú, Juazeirinho, Junco do Seridó, Lagoa de Dentro, Lagoa, Lastro, Livramento, Lucena, Mãe D’água, Marizópolis, Matinhas, Maturéia, Montadas, Monteiro, Nazarezinho, Olivedos, Parari, Passagem, Patos, Paulista, Pedra Branca, Pedro Régis, Pilões, Pilõezinhos, Pombal, Quixaba, Remígio, Riacho de Santo Antônio, Salgadinho, Santa Cruz, Santa Luzia, Santa Rita, Santa Teresinha, Santo André, São Bentinho, São Domingos de Pombal, São Domingos do Cariri, São Francisco, São João do Cariri, São João do Tigre, São José da Lagoa Tapada, São José de Caiana, São José de Espinharas, São José do Bonfim, São José do Sabugi, São José dos Cordeiros, São Mamede, São Sebastião de Lagoa de Roça, São Sebastião do Umbuzeiro, São Vicente do Seridó, Serra Branca, Serra Grande, Soledade, Sousa, Sumé, Taperoá, Teixeira, Tenório, Várzea, Vieirópolis e Zabelê.
Eleitor que não fizer biometria perde direito a voto e a outros documentos
O eleitor dos municípios onde está ocorrendo a Campanha da Biometria e que não recadastrar o título eleitoral, até o próximo dia 21 de março, terá o documento cancelado pela Justiça Eleitoral. Além da impossibilidade de exercer o direito ao voto, também sofrerá uma série de penalidades, como não receber o salário (no caso de servidor público), não tirar passaporte ou carteira de identidade, obter certos tipos de empréstimos ou participar de programas sociais do governo.
A irregularidade também pode gerar dificuldades para investidura e nomeação em concurso público, renovação de matrícula em estabelecimento de ensino oficial ou fiscalizado pelo governo e obtenção de certidão de quitação eleitoral ou qualquer documento perante repartições diplomáticas a que estiver subordinado.

TRE-PB

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias