Pneu liso e chuva causaram acidente que matou 7 na PB


Os pneus desgastados de um dos veículos e a água acumulada na pista por conta da chuva foram os fatores que causaram o acidente que matou sete pessoas no dia 17 de janeiro na BR-230 na cidade de Quixaba, no Sertão paraibano. A perícia foi concluída e os resultados divulgados na manhã desta terça-feira (26) na Delegacia Distrital de Patos.
carros-acid-patos
A delegada responsável pelo inquérito, Dra. Daniela; e o perito do caso, falaram ao repórter Airton Alves, da Rádio Espinharas de Patos. Eles detalharam o que foi apurado na investigação das causas do acidente.

OUÇA ABAIXO [BAIXAR ARQUIVO]
Segundo o perito criminal responsável pelo caso, Adriano Medeiros, os pneus traseiros da Mercedes C250, onde seguiam quatro pessoas, estavam bem desgastados, além da forte chuva que caía no momento do acidente, acumulando água na pista e provocando aquaplanagem.
"A primeira causa, que a gente chama de viária ambiental, foi a chuva. A gente tem a informação que chovia bastante no local e teria acúmulo de água naquela pista. A segunda causa, que foi a mais determinante, que chamamos de veicular, foram os pneus traseiros da Mercedes bastante gastos", explicou.
Relembre o casoSete pessoas morreram e uma ficou ferida no acidente que envolveu dois carros. Conforme informações da Polícia Rodoviária Federal, um dos veículos teria perdido o controle e colidido transversalmente com outro. Duas crianças morreram.
Segundo o inspetor da PRF Auberê Paiva, a colisão ocorreu em uma reta no km 328,8 da BR-230. "Esse local já tem um histórico de acidentes. A reta fica após uma curva e muitos motoristas imprimem uma velocidade maior", explicou.
No Volkswagen Polo, que seguia no sentido João Pessoa para o Sertão, morreram Ulisses Firmino Cesarino, de 38 anos, Maria Thaís Lopes Pedrosa Cesarino, de 31 anos, Gabriela Lopes Cesarino, de 6 anos. Ocupavam a Mercedes Tereza Cristina Lira Abrantes Vilhena, de 31 anos, Terezinha Lira de Abrantes, de 56 anos e Esther Abrantes Marques, de 7 anos, e o motorista Laercio Carneiro Vilhena, de 63 anos.

G1

Cofemac

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias