Famílias são despejadas da fazenda de ex-deputada no sertão da Paraíba

Cerca de 20 pessoas de uma mesma família que moravam há décadas em uma fazenda da ex-deputada Nadja Palitot, localizada no sítio Campo Alegre, município de Bonito de Santa Fé, no Alto Sertão da Paraíba, foram retiradas do local nesta quarta-feira (13). O despejo ocorreu por conta de um mandado de reintegração de posse, determinada pela Justiça através da Comarca da cidade.
A ação para a retirada das famílias envolveu mais de 10 viaturas do Bope, Polícia Civil, com apoio da Polícia Militar. De acordo com informações, os moradores não cumpriram o prazo estipulado pela Justiça para sair de forma voluntária das residências, que era dia 29 de outubro de 2015.
Durante a desocupação, alguns não queriam deixar o lugar onde sempre viveram, mas acabaram saindo no fim do dia.

Em outubro do ano passado o Radar Sertanejo esteve no local e fez uma reportagem especial sobre o desespero dos moradores sem ter onde morar. Segundo o patriarca da família, José Vieira Rolim, ele morava na propriedade desde os 18 anos de idade. Casou, criou os filhos, já é avô e até hoje continuava vivendo na mesma casa.
A aposentada Luísa Freitas Rolim contou que tem 10 filhos todos criados na fazenda e não sabe como vai ficar a situação. “Eu não tenho dinheiro para fazer casa e nem onde morar, trabalhei a vida toda e o pagamento é botarem nós para fora”. Depois as lágrimas desceram e faltaram as palavras. Ela chegou lá ainda menina, com 11 anos de idade e hoje tem 69 anos.
Segundo informações, a advogada e jornalista Nadja Palitot teria oferecido uma proposta por meio de um acordo para que a família Vieira ficasse com uma área de 110 hectares de terra (aproximadamente 330 tarefas) mas o acordo não foi concretizado porque a família não teria concordado.
Ainda não há informações sobre o local de destino dos moradores despejados.
Radar Sertanejo

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias