Governo Federal promete investir R$ 1 bilhão em 2016 para entregar Transposição

A obra da Transposição do Rio São Francisco avançou 15% na engenharia civil em um ano e chega a 81% de conclusão. Ainda sem atender a qualquer pessoa, o projeto que promete integrar o Velho Chico ao semiárido nordestino tem prazo final de entrega para fim de 2016/início de 2017. Em outras palavras, o governo federal prevê atravessar o ano que vem investindo cerca de R$ 1 bilhão, ainda que o orçamento da União esteja com rombo, para entregar água a 12 milhões de pessoas dos estados de Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. A obra custa R$ 8,2 bilhões e mais de R$ 7 bilhões já foram gastos até outubro deste ano.

A obra tem 477 quilômetros de canais e reúne todos os equipamentos no caminho: aquedutos, túneis e estações de bombeamento (EB). Duas EBs estão em teste, uma delas em operação assistida há um ano. A terceira EB promete ser entregue ainda neste mês de novembro.

O Projeto São Francisco é prioridade do governo federal, de acordo com o MI. Atualmente, 10,1 mil profissionais trabalham nas obras do projeto que beneficiará 390 cidades dos quatro estados. Com 4.133 equipamentos em operação, os dois eixos (Norte e Leste) do projeto apresentam execução de 82,2 % (Norte) e 79,2 % (Leste). A obra é construída por etapas e os cronogramas de execução do empreendimento priorizam a sequência construtiva do “caminho das águas” do projeto, ou seja, das captações até os estados que serão beneficiados. Além dos 477 quilômetros de obras lineares projetadas, o empreendimento engloba a construção de quatro túneis (um dos quais de 15 quilômetros de extensão), 14 aquedutos, 9 estações de bombeamento e 27 reservatórios.

Além disso, todas as comunidades lindeiras (localizadas no entorno dos canais) receberão redes conectoras de abastecimento. O Departamento Nacional de Obras Contra as Secas (Dnocs-PE) entregou ao Ministério da Integração Nacional os projetos executivos dos sistemas de abastecimento de água das comunidades lindeiras aos eixos (Norte e Leste) do Projeto São Francisco. Os documentos estão em análise técnica pela equipe do ministério. Após a celebração dos termos de compromisso, o ministério fornecerá os projetos executivos aos estados de Pernambuco, Ceará e Paraíba. Depois das assinaturas, os recursos para execução dessas obras estão garantidos pelo Governo Federal.

Da Redação / Via Diário de Pernambuco

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias