O cerco está se fechando – Justino faz acordo de delação premiada também com o Ministério Público Estadual


O empresário cajazeirense Francisco Justino do Nascimento, que já havia formalizado acordo de delação premiada como o Ministério Público Federal, relacionada à operação andaime, também fechou acordo de colaboração com o Ministério Público Estadual, através do GAECO – Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado, a quem caberá investigar os crimes que envolvem recursos próprios das prefeituras, bem como recursos repassados pelo governo do estado para obras nos municípios, que foram identificadas como fraudadas nas operações andaime e Monte Sinai e em outras investigações que estão em curso.

Pelo GAECO conduziram os termos da delação os promotores Octávio Celso Gondim Paulo Neto e Manoel Cacimiro Neto, que já promoveram uma primeira oitiva de Francisco Justino, após terem tido acesso aos documentos obtidos pela operação andaime, bem como aos depoimentos já colhidos pelo MPF.

Pelos termos do acordo Francisco Justino terá o perdão judicial em todas as ações em que seu nome estiver envolvido.

Blog do Adjamilton

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias