Imagina com ele? Flamengo prova que há vida sem Guerrero no time

Ao estrear no Flamengo, no início de julho, Paolo Guerrero conquistou o carinho da torcida. Aos poucos, foi se tornando essencial para o time e ganhou a música “Acabou o caô, o Guerrero chegou”. A lesão sofrida pelo atacante no dia 26 de agosto preocupou os torcedores rubro-negros, que não sabiam o que esperar pela frente. De maneira que poucos esperavam, o time de Oswaldo de Oliveira se portou até melhor e provou que há sim vida sem o peruano.
 Com Guerrero, juntando Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro, o Flamengo entrou em campo dez vezes. Foram cinco vitórias, dois empates e três derrotas, com quatro gols dos 13 feitos pela equipe sendo do atacante. Neste período, o Rubro-Negro sofreu 11 gols. Já sem Guerrero, o Fla apresenta um aproveitamento de 100% em quatro jogos. Nove gols foram marcados e apenas um foi sofrido.
Guerrero segue fora do Flamengo no jogo deste domingo, contra a Chapecoense, em Chapecó (SC). O atacante voltou ao Rio de Janeiro na quinta-feira, após período com a seleção do Peru, apresentou melhora, mas foi preservado para continuar tratamento e retornar ao time na quinta-feira, diante do Coritiba, em Brasília (DF). Em seu lugar, Kayke será mantido entre os titulares e o torcedor não tem motivo para se preocupar.
Nos quatro jogos em que substituiu Guerrero, Kayke manteve o nível de ataque. Ele fez três gols. Diante do Cruzeiro, quinta-feira, não balançou as redes, mas deu a assistência para o gol de Alan Patrick. Oswaldo de Oliveira salientou estar tranquilo e espera mais evolução de Kayke na equipe.
A “dificuldade” agora é definir o que fará com o retorno de Guerrero na próxima semana. Mas uma coisa já é certa: se sem o atacante o Flamengo está embalado e conseguiu entrar no G4 do Brasileiro, imagina com o retorno dele ao time?
SEQUÊNCIA DO FLAMENGO SEM GUERRERO
Sport 0x1 Flamengo
No primeiro jogo sem o atacante peruano, Oswaldo de Oliveira escalou Kayke no ataque ao lado de Emerson Sheik, com Everton também atuando mais avançado. E foi de Everton o gol da vitória sobre os pernambucanos por 1 a 0. Antes, o Flamengo havia vencido o São Paulo por 2 a 1, com um dos gols marcados por Guerrero.
Flamengo 3×0 Avaí
Na partida na Arena das Dunas, em Natal, Oswaldo de Oliveira manteve o trio ofensivo com Sheik, Everton e Kayke, que fez a torcida rubro-negra “esquecer” Guerrero. O atacante, recentemente contratado ao ABC, marcou dois gols na vitória por 3 a 0 sobre os catarinenses. Alan Patrick também fez um. A equipe começava a embalar.
Flamengo 3×1 Fluminense
No Maracanã, em nenhum momento a ausência de Guerrero foi sentida. Superior desde início, o Flamengo já vencia por 2 a 0, gols de Sheik e Kayke, aos 15 minutos. Jean, de pênalti diminuiu, e Paulinho fez o terceiro gol do Fla. A vitória fez o Flamengo superar o próprio Fluminense na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro.
Flamengo 2×0 Cruzeiro
O Flamengo começou sem cinco titulares: Márcio Araújo, Canteros, Everton, além de Guerrero e Ederson, que continuavam se recuperando de lesão. No decorrer da partida, Wallace e Sheik se machucaram e também. Com gols de Alan Patrick e Luiz Antonio, no entanto, Fla bateu o time comandado por Mano Menezes e chegou, enfim, ao G4.
Chapecoense x Fla
Para a partida deste domingo, na Arena Condá, em Chapecó, Alan Patrick está suspenso, enquanto Sheik, Guerrero Wallace estão machucados. A boa notícia é que Ederson e os jogadores que estavam suspensos contra o Cruzeiro voltam à equipe. Kayke segue no ataque, ao lado de Paulinho (ou Marcelo Cirino). César Martins entra na zaga.
LANCENET!

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias