Morre homem que matou esposa queimada dentro de casa na Paraíba



José Ivanildo estava internado no Trauma-CG
Morreu na manhã desta segunda-feira (3) o biscateiro José Ivanildo Cordeiro da Silva, de 32 anos. Ele estava internado desde o dia 26 de julho quando deu entrada no Hospital de Trauma de Campina Grande vítima de queimadura. Ele era suspeito de atear fogo na esposa Lucicleide Félix da Silva, de 25 anos, que também morreu em decorrência das chamas. O crime ocorreu na cidade de Monteiro, a 319 km de João Pessoa.
Segundo o serviço social da unidade médica, o paciente não resistiu à gravidade dos ferimentos provocados pelo fogo, que ele mesmo teria provocado. Desde quando chegou ao Trauma-CG o estado de saúde dele era considerado grave.
De acordo com João Joaldo, delegado seccional de Monteiro,  no mesmo dia do crime, José Ivanildo foi preso em flagrante e levado para a delegacia da cidade. Ele chegou a ser autuado por homicídio qualificado. “Como ele morreu, o caso deverá ser encerrado porque não temos mais o autor do crime”, concluiu.
A Polícia Civil informou que Lucicleide Félix teve 100% do corpo queimado e morreu pouco tempo depois de ser internada no Trauma de Campina Grande. Ela foi socorrida por moradores que a encontraram na calçada. José Ivanildo foi visto no telhado da casa fumando um cigarro após atear fogo na mulher e vê-la queimada a procura de socorro.

F - PORTAL CORREIO

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias