Pai diz que morte de filho em Triunfo não foi acidente

O adolescente era evangélico e tinha apenas 16 anos. O jovem morreu após sofrer uma queda de moto na saída de Triunfo para Poço de José de Moura. Márcio morava no Poço e voltava da casa da namorada em Triunfo
O pai do adolescente Francisco Márcio Silva Monteiro, de 16 anos, morto em uma colisão entre duas motos em Triunfo, ocorrida na noite da quinta-feira (9/julho), falou em entrevista prestada na Rádio Oeste da Paraíba, ao repórter F. Dunga. Antônio Monteiro revelou que o acidente que a colisão da moto que seu filho guiava não foi com um carro, como foi divulgado na imprensa. Na verdade, conta ele, não foi um acidente, segundo o pai de Márcio, a colisão foi proposital. Antônio Monteiro pediu que fosse feito justiça, pois tratou-se de um homicídio e não de acidente. Outro rapaz, David, que seguia na garupa da moto com Márcio no momento do acidente, contou que o acusado, Carlos Alves (Carlinhos de Antônio Tunico) começou a segui-los na saída de Triunfo e confirmou que a moto foi fechada pela outra motocicleta do acusado.
OUÇA A ENTREVISTA COM O PAI E O AMIGO DA VÍTIMA CLICANDO NO LINK ABAIXO

FONTE: COFEMAC

francisco-marcio213125
REVEJA

Um acidente ocorreu no município de Triunfo, quando o adolescente de 16 anos, Francisco Márcio, morador de Poço de José de Moura, pilotava uma motocicleta Honda CG azul. Segundo testemunhas, o rapaz foi trancado por outro veículo e acabou caindo da moto, sofrendo traumatismo craniano. Ele ainda foi socorrido para o HR de Cajazeiras, mas acabou morrendo no início da manhã dessa quinta-feira (9/julho).
O outro condutor foi identificado por Carlos Alves, de 23 anos. Ele foragiu do local logo depois do acidente.
COFEMAC / Fábio Barbosa com informações do Blog Ângelo Lima

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias