Carlinhos é vítima de discriminação nas redes sociais

 
O jovem patoense de 28 anos,  Carlos Antônio dos Santos Freitas, que pesa 420kg, foi internado na manhã desta quinta-feira 9 de julho, no Hospital das Clínicas, da Universidade Federal de Pernambuco.
Carlinhos será submetido a um tratamento de emagrecimento preparatório para uma cirurgia de redução do estômago, que poderá acontecer dependendo dos resultados do exames e a perda de peso do paciente. 
Após a entrada no hospital, o assunto virou notícia nos meios de comunicação do estado do Pernambuco e até na mídia nacional. Carlinhos recebeu apoio de amigos e desconhecidos. Mas não faltou opiniões contrárias de internautas insensíveis com a causa.
 
Após publicação de matéria no site G1-PE, diversos comentários maldosos e preconceituosos foram deferidos ao jovem portador da doença Obesidade Mórbida. "UM TIRO NA NUCA,E SEUS PROBLEMAS ACABAM", disse um internauta identificado como "Jose Arruda", que foi sequenciado por outros comentários ainda piores.
 
 
Houve gente que até fez ligação da doença do jovem com o programa Bolsa Família do Governo Federal, o programa foi usado como forma de preconceito à nordestinos após a reeleição da Presente Dilma Rouseff em 2014.
 
 
 
Deferir comentários preconceituosos ou discriminatórios publicado e concretizado em redes sociais ou sites, podem resultar em severas punições segundo a Lei Federal n° 9.459, de 13 de maio de 1997.
 
ENTENDA O CASO 
 
O caso do patoense Carlos Antônio dos Santos Freitas, de 28 anos, mais conhecido como Carlinhos, parece que está prestes a ser solucionado.
Pesando atualmente 420 quilos, com problemas de diabetes, e distúrbios mentais, o jovem conseguiu uma vaga no Hospital das Clínicas de Recife, em Pernambuco, onde deve ser internado ainda esta semana. 
 
A vaga foi conseguida após a repercussão de um vídeo nas redes sociais, divulgado por uma vizinha de Carlinhos, onde o jovem se arrasta pelo chão e pede ajuda.
A associação Paraibana dos Bariátricos viu o vídeo e se sensibilizou com o caso e conseguiu uma ambulância com uma equipe médica que fará o acompanhamento dele durante o trajeto. O processo dará início ao tratamento, para que a cirurgia bariátrica possa ser realizada. Carlinhos precisa perder 10% do seu peso atual.
Ao longo deste ano, Carlos já foi internado diversas vezes no Hospital Regional de Patos. No início de maio, segundo a mãe, Cacilda dos Santos, o filho apresentou problemas respiratórios e teve que ficar quase 30 dias internado. Em junho, voltou ao hospital com suspeita de infarto. Porém, dessa vez, Cacilda diz que a diretora da unidade só o deixou ficar em observação por um dia. Por conta do peso, o jovem não consegue mais andar, e só consegue dormir sentado, encostado na parede de sua casa, localizada em um conjunto habitacional do bairro Monte Castelo, em Patos.
Fonte/maispatos.com 

Compartilhe esta noticia:

Postar um comentário

 
Copyright © UIRAÚNA EM FOCO. Designed by Rafael Matias